16 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

Vereador lamenta decisão da Justiça sobre Mario Cesar: 'É complicado’

A decisão da Justiça de manter afastamento do vereador Mario Cesar (PMDB) dividiu opinião dos colegas de bancada do peemedebista. Para o vereador Vanderlei Cabeludo (PMDB), a situação é 'complicada' já que Mario Cesar representava muito bem o partido em relação aos trabalhos na Câmara. "Fica complicada uma situação dessas, é muito difícil falar, mas a Justiça sabe o que está fazendo. Se a Justiça determinou que ele não volta, temos que acatar mas acredito que a defesa dele entrará com os devidos recursos para reverter essa situação", afirma. 

Comparação

O peemedebista também comparou o pedido de afastamento dos 17 vereadores negado pela Justiça com a situação de Mario Cesar. "Assim como os vereadores não foram afastados por que estão colaborando com as investigações, vejo que Mario Cesar poderia voltar, pois ainda não tem nada concretizado. Ele tem colaborado com a Justiça, mas se o Judiciário entende assim o partido está unido e forte para dar continuidade aos interesses do PMDB", pontua o vereador. 

Já a vereadora Carla Stephanini (PMDB) adotou uma postura mais cautelosa nas últimas sessões na Casa de Leis, quando perguntada sobre a possível volta de Mario Cesar à Câmara. "Nós temos que esperar, estamos aguardando os posicionamentos da Justiça para que ele retorne ao nosso convívio e ao exercício de seu mandato", disse Carla no último dia 13. 

A equipe de reportagem do MS Notícias entrou em contato com os vereadores: Luiza Ribeiro (PPS), Thais Helena (PT) e Flávio César (PT do B), presidente em exercício, mas nenhum deles atendeu ligações nem retornou recados até fechamento desta matéria.