31 de outubro de 2020
Campo Grande 26º 18º

Com ausência de aliados, PMDB lança candidatura de Nelsinho com foco em 2º turno

A candidatura do ex-prefeito de Campo Grande Nelson Trad Filho ao governo foi, oficialmente, lançada há pouco na Convenção Estadual do PMDB que aconteceu na Câmara de Vereadores da Capital. Nelsinho reafirmou sua proposta da dar continuidade ao governo de André Puccinelli, atual governador do Estado, e evitou comentar as dificuldades que o PMDB enfrentou nos últimos meses para compor as chapas majoritária e proporcional que irão disputar as eleições deste ano.Sem a presença de Murilo Zauith, presidente regional do PSB, principal aliado do PMDB indicando vice, Nelsinho garante que a chapa do PMDB é forte e possui condições de diminuir a diferença de 24% de intenção de votos entre ele o primeiro colocado na disputa pelo governo, candidato do PT Delcídio do Amaral e chegar ao segundo turno. Para isso, Nelsinho conta com a força da tradição histórica do partido, que hoje é a principal legenda do Estado. "A campanha está começando agora e temos um time forte, coeso. O PMDB quando disputou eleições diretas para governador venceu todas. A única vez que o PMDB não esteve no poder foi quando não disputou uma eleição." Para dar respaldo à Nelsinho, o governador André Puccinelli afirmou que esta será uma campanha boa e disputada. "O adversário começou com 57% (da intenção de votos) e hoje o teto dele não passa de 46%, ou seja, ladeira abaixo, e nosso candidato subindo a rampa do Palácio do Governo de Mato Grosso do Sul", afirmou André. O governador também fez questão de ressaltar que os índices de rejeição de Nelsinho estão diminuindo enquanto dos adversários aumentam. Heloísa Lazarini