15 de agosto de 2020
Campo Grande 35º 22º

Comendador Julio Martins recebe homenagem na Assembleia Legisltiva

Heloísa Lazarini

O comendador, comandante aviador Júlio Alves Martins recebeu ontem o Troféu Harry Amorim Costa entregue pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. A solenidade de entrega do prêmio ocorreu ontem no Plenário da Assembleia.

Criado em 2005 pelo então deputado estadual e hoje secretário estadual de habitação Carlos Xavier Marun, o Troféu Harry Amorim homenageia representantes da comunidade gaúcho que vivem em Mato Grosso do Sul e colaboram, por meio de seu trabalho, para o desenvolvimento do Estado.

Para Marun, a homenagem é “uma forma de reconhecer o Rio Grande do Sul e agradecer a contribuição dos gaúchos ao Estado”. O secretário é natural do Rio Grande do Sul, mas vive no Estado há 30 anos.

A homenagem do aviador Júlio Alves foi mais que especial. O aviador é o principal pioneiro no desenvolvimento da região do Centro-Oeste. Em 1972, Júlio chegou ao município de Chapadão do Pouso Frio, hoje conhecido como Chapadão do Sul. O aviador foi responsável pelo amplo desenvolvimento econômico da região, que, segundo historiadores, foi o ponto de partida para viabilizar o desenvolvimento e a colonização de todo Centro Oeste brasileiro.

Julio recebeu a homenagem ao lado de sua filha Loridane que, carinhosamente acompanhava o pai na noite marcada pela presença da tradição gaúcha no Estado. O governador André Puccinelli, ao ser questionado sobre a importância dos gaúchos em Mato Grosso do Sul, referiu ao aviador Julio Alves Martins como exemplo do ganho que o Estado teve com a presença gaúcha. “Pessoas como ele que desbravaram a região permitiram que nosso estado se desenvolvesse e prosperasse”, declarou Puccinelli.

Saiba Mais:

O Troféu Harry Amorim leva o nome do primeiro governador de Mato Grosso do Sul, e ontem foi concedido a 20 personalidades sul-rio-grandenses que migraram para o Estado e que deram sua contribuição para o desenvolvimento da região.