24 de julho de 2024
Campo Grande 31ºC

Depois de professores, vereadora cobra de Olarte divulgação do próprio salário

A- A+

A divulgação da lista de salários dos professores da Reme (Rede Municipal de Ensino) surtiu efeito contrário ao que talvez fosse esperado pelo prefeito Gilmar Olarte. Ao invés de convencer os campo-grandenses que os professores não ganham mal, Olarte conseguiu mais uma chuva de críticas de professores e vereadores da Capital.

Para o vereador Paulo Pedra (PDT), a divulgação da lista é um desrespeito e uma ofensa aos professores. Indignado com atitude do Prefeito, o vereador do PDT chegou a aconselhar o colega de Casa Edil Albuquerque (PMDB) que abandone o quanto antes da função de líder do Prefeito na Câmara para não manchar sua carreira política na Capital.

?Já a vereadora Thais Helena (PT) cobrou da Prefeitura divulgação do salário de todos os comissionados e dos gerentes de saúde, que já foram alvo de denúncias, por receberem altos salários e estarem nomeados de forma irregular, durante oitiva da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Contas Públicas.

Assim como os membros da oposição, a vereadora independente Carla Stephanini (PMDB) voltou a criticar Olarte pela estagnação de Campo Grande e cobrou do Prefeito que divulgue seu próprio salário. "Ele não anunciou em maio deste ano que iria cortar 30% do próprio salário, então agora ele tem que mostrar se fez isso. Já que ele divulgou dos professores por que não o dele", questionou Carla.