10 de maio de 2021
Campo Grande 32º 18º

DOURADOS

Desembargador do 'suspende': gongo de Idenor, julga Pepa e Cirilo

Foi escolhido como relator do caso, ele já determinou suspensão da sessão

A- A+

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), hoje (27), pela manhã, pediu Agravo de Instrumento protocolados pelo advogado Fernando Baraúna Recalde, contra os vereadores Pedro Alves de Lima, o Pedro Pepa (DEM) e também contra Cirilo Ramão Ruiz, o Pastor Cirilo (MDB), ambos afastados da Câmara de Dourados.  

Odemilson Roberto Castro Fassa, da 3ª Câmara Cível, foi escolhido como relator do caso, ele já determinou suspensão da sessão que deveria ter sido realizada ontem (26), que julgaria do ex-presidente da Câmara, vereador Idenor Machado (PSDB), apontado como cabeça do esquema investigado pela operação Cifra Negra do Ministério Público Estadual.  

Vale lembrar que na quarta-feira (26), Pepa e Cirilo tiveram negado, pela 6ª Vara Cível de Dourados, o pedido de suspensão da sessão, conforme decisão da Mesa diretora, que acatou a Recomendação do Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP/MS), para que fosse realizada nova sessão. Idenor não foi o único a conseguir suspender a sessão, Pepa e Cirilo, foram absolvidos em sessões realizadas no mês passado.