20 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Edil Albuquerque irá analisar teor da decisão judicial para depois definir posicionamento

O presidente da Comissão Processante, o vereador edil Albuquerque (PMDB) afirmou, por telefone, que, primeiramente, irá tomar conhecimento do teor da decisão que suspendeu os trabalhos da Comissão Processante até que o mérito do processo seja julgado.Segundo Edil, ainda é cedo para se pronunciar, pois ele e os outros membros da Comissão sequer sabem o teor da decisão da 1ª Câmara Civil. "Por hora só sabemos que a decisão não foi unânime, e que foram dois votos conta um, mas precisamos ter acesso ao conteúdo da decisão para saber quais medidas tomar", explicou Edil. No início da tarde a 1ª Câmara Civil decidiu conceder efeito suspensivo à Comissão Processante atendendo ao agravo regimental interposto pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), para suspender o andamento da Comissão Processante até que o mérito do processo, que tramita na 1ª Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos de Campo Grande, seja julgado, o que ainda não há prazo determinado. A decisão obteve os votos favoráveis a Bernal dos desembargadores João Maria Lós e Divoncir Schreiner Maran. Apenas o relator do processo, o desembargador Hildebrando Coelho Neto votou contrário à concessão do efeito suspensivo. Heloísa Lazarini