24 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 20º

Eduardo Romero é vaiado ao falar que irregularidades foram constatadas na administração de Bernal

O vereador do PT do B (Partido Trabalhista do Brasil), Eduardo Romero utilizou os 15 minutos disponíveis na sessão de julgamento do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) que está sendo realizado na Câmara Municipal, para ressaltar que o momento é de manter “os pés no chão” e que o prefeito e seu vice fazem parte do mesmo partido e devido a isso, cabe ao Partido Progressista discutir um plano para Campo Grande.

Segundo Romero, o MPE (Ministério Público Estadual) e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) constataram que existem irregularidades. No mesmo momento, Eduardo é vaiado pelos manifestantes e afirma que está analisando cada ponto, garantindo que a CPI do Calote constatou irregularidades.

Exigindo respeito, o vereador destaca que todo processo judiciário deve ser respeitado.

Dany Nascimento e Heloísa Lazarini