02 de agosto de 2021
Campo Grande 29º 14º

"Em meu palanque sobe quem eu quiser", afirma André Puccinelli

A- A+

O governador André Puccinelli (PMDB) voltou a reafirma hoje pela manhã seu apoia à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) mesmo diante do apoio oferecido pelo pré-candidato do PMDB ao governo do Estado, Nelson Trad Filho, ao presidenciável Eduardo Campos.

"No meu palanque sobre quem eu quiser e eu vou apoiar a Dilma, a Simone e o Nelsinho", afirmou Puccinelli. Segundo o governador, que está prestes a se licenciar so PMDB caso o partido em Mato Grosso do Sul não apoie a reeleição da presidente Dilma, a decisão de Nelsinho Trad em apoiar Eduardo Campos não afetará em nada seu posicionamento.

Assim como André, o deputado estadual Jerson Domingos, presidente da Assembleia Legislativa, também deverá se licenciar. No caso de Jerson não é apenas Dilma que receberá seu apoio, mas também o pré-candidato petista ao governo do estado, senador Delcidio do Amaral. Jerson e André devem conversar ainda esta semana com o diretório estadual do PMDB sobre a aliança, provavelmente, depois do encontro que acontece amanhã em Brasília entre o presidente regional do PMDB-MS, deputado estadual Junior Mochi e o presidente nacional da sigla senador Valdir Raupp. A reunião é mais uma tentativa do PMDB nacional de garantir o apoio do diretório sul-mato-grossense à reeleição de Dilma Rousseff.

Aliados

De acordo com o governador André Puccinelli, Nelsinho possui o apoio dos partidos: PT do B, PRTB, PRB, PEN, PTC, PSB. Outra legenda citada por Puccinelli é o DEM. "O Nelsinho me disse que já tem o apoio desses  seis partidos e que está conversando com o DEM, que pode vir a apoia-lo", afirmou Puccinelli.

Heloísa Lazarini e Dany Nascimento