13 de agosto de 2020
Campo Grande 34º 21º

Em território de conflagrações, adversários se dão as mãos

Tudo pode acontecer a partir de um gesto. Esta frase foi dita por um dos personagens que protagonizaram o concorrido e multifacetado evento desta sexta-feira, 13, em Porto Murtinho, quando a temática técnica de um movimento municipalista não impediu que o viés político se acentuasse. O Encontro promovido pelo Consórcio Intermunicipal das Bacias dos rios Miranda e Apa (Cidema), para discutir as perspectivas de desenvolvimento da região e do Estado, serviu também para que o espírito de Natal e a proximidade da temporada eleitoral aproximassem pessoas separadas por cercas partidárias e ideológicas.

reinaldo e delcidio

Enfiadas num mesmo ambiente, lideranças políticas não faz pouco tempo se enfrentavam ferozmente mostram-se cordatas e afáveis entre si, com direito a licenças amistosas. O caso que mais chamaria a atenção, não fosse o arrastar de um processo de entendimento iniciado na metade do ano, é o que envolve medalhões do PSDB e do PT. Viajaram no mesmo avião e desembarcaram posando sorridentes para as fotografias os tucanos deputado federal Reinaldo Azambuja e o estadual Márcio Monteiro com os petistas senador Delcídio Amaral, deputado Vander Loubet e zeca do PT.

Mas a cena que sobressaiu neste capítulo singular da política foi o encontro entre o prefeito murtinhense Heitor Miranda (PT) e seu antecessor, o ex-tucano Nelson Cintra. Sobraram em cordialidade. Convidado por Azambuja e, à vontade, Cintra foi até o gabinete de Heitor para uma conversa informal que envolveu  prefeitos de 11 municípios. Em seguida, o ex-prefeito e sua esposa, Maria Lúcia, acompanharam do começo ao fim as atividades do Encontro do Consórcio, ouvindo com atenção todos os palestrantes, inclusive o anfitrião Heitor Miranda dos Santos.

Já se especula na região que Nelson Cintra, como apoiador declarado da candidatura de Delcídio ao Governo, quer disputar uma vaga de deputado estadual e sonha fazer "dobradinha" com o petista Vander, que tentará seu quarto mandato de deputado federal. Assim, a chapa de Cintra teria Dilma para presidenta, Delcídio para governador, Azambuja para senador e Vander para deputado federal. Tem gente dos dois lados que não está godtando nada disso. mas tem gente influente trabalhando com afinco para fazer dessa projeção uma realidade.

Edson Moraes, especial para MS Notícias