16 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

João Amorim se entrega ao Garras, Olarte permanece foragido

O empresário dono da Proteco e considerado o articulador do golpe com pitadas de corrupção que cassou o prefeito Alcides Bernal, também investigado na Operação Lama Asfáltica acaba de se entregar à Justiça.

João Alberto Krampe Amorim dos Santos chegou há pouco ao Garras para cumprir o mandato judicial de prisão preventiva, decretado pelo desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva, após pedido de prisão solicitado pelo Ministério Público Estadual (MPE), por suposto envolvimento na compra de vereadores para a cassação, em março de 2014, do prefeito eleito Alcides Bernal (PP).

Acompanhado de seu advogado, João Amorim, procurado pela Justiça desde às 6h30 de hoje (1), apresentou-se ao Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros (Garras) onde deverá cumprir a detenção de 5 dias determinada no pedido de prisão preventiva, por volta das 13h45.

Olarte

Os agentes aguardam a apresentação do ex-prefeito empossado, Gilmar Olarte (PP por liminar e réu em processo de corrupção e lavagem de dinheiro), que até o momento é considerado foragido da Justiça.