23 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Kemp afirma que PMDB está desesperado por não firmar alianças no Estado

Ao contrário do que pensa o governador, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) garantiu que o PT (Partido dos Trabalhadores) não considera o PR (Partido da República) e o PDT (Partido Democrático Trabalhista) como “partidos velhos”. Segundo Kemp, o PMDB (Partido da Social Democracia Brasileiro) decidiu “atacar” os petistas porque não está tendo sucesso na busca de alianças pelo Estado.

“Não consideramos nenhum desses partidos velhos, ao contrário, consideramos partidos muito importantes dentro do Estado. O que está acontecendo é que o PMDB que sempre correu atrás desses partidos na tentativa de fechar uma aliança está desesperado porque os partidos apoiam nosso plano de governo ao buscar algo novo para apresentar à população e o PMDB não tem isso para oferecer”, explica o deputado.

De acordo com Kemp, os partidos clamam por um novo projeto para Mato Grosso do Sul e o Partido dos Trabalhadores vem dialogando com vários partidos, na tentativa de construir uma chapa forte para as eleições de 2014. “O PT está conversando com vários partidos e no fechamento da chapa, vamos fazer uma avaliação criteriosa para verificar o que a população está pedindo e buscar atender esse pedido”.

Kemp faz questão de ressaltar que se reuniu com o pré-candidato Delcídio do Amaral (PT) na última segunda-feira, garantindo que o senador ainda não escolheu um nome para compor a chapa como vice. “Estive com o Delcídio segunda-feira e ele garantiu que ainda não definiu nenhum nome para vice. Ele está conversando e no momento certo terá um nome para apresentar, por enquanto ele está dialogando com vários partidos”, finaliza o deputado.

Dany Nascimento