30 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 18º

Luiza chama Olarte de “instrumento” do PMDB e garante que fará oposição na Câmara

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) garantiu na manhã de hoje que seu partido fará oposição à administração do prefeito Gilmar Olarte (PP). Segundo ela, a decisão foi tomada pela executiva municipal do PPS (Partido Popular Socialista) na quinta-feira da semana passada, dia seguinte à cassação do ex-prefeito Alcides Bernal (PP).

“O PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) está de volta na administração. Quatro secretários do Nelsinho Trad (ex-prefeito, PMDB) voltaram ao governo. Não é um governo autônomo. O vice do Nelsinho e presidente da comissão processante (Edil Albuquerque, PMDB) foi nomeado secretário”, criticou.

Segundo a vereadora, se o problema fosse o Alcides Bernal, a nova gestão teria mantido a maioria das secretarias. “Ele (Gilmar Olarte) é um instrumento do PMDB de retorno à prefeitura”, alfinetou.

Luiza nega que vá liderar a oposição, mas garantiu que não estará sozinha. Segundo ela, o PT (Partido dos Trabalhadores) está na independência apenas para não se declarar oposição.

Diana Christie