30 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 18º

Mochi afirma que candidatura de Bernal não afeta Nelsinho

Ao tomar conhecimento da candidatura do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) para o Senado, o presidente regional do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), Junior Mochi afirmou que a decisão do ex-prefeito não interfere na candidatura de Nelson Trad Filho (PMDB) ao governo, mesmo que Bernal tente “atacar” os peemedebistas caso sua inscrição seja aprovada pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral).

O presidente ressaltou que Bernal fala em golpe político, mas “não consegue explicar” os motivos pelo qual foi cassado no dia 12 de março na Capital, sendo substituído pelo vice Gilmar Olarte (PP), que hoje está à frente da prefeitura. “Ele fala em golpe, então porque ele não consegue explicar os motivos pelo qual foi acusado. Responda os fatos antes de falar em golpe e a resposta fica simples”.

Mochi destaca que o ex-prefeito não tem argumentos para se defender ao falar de golpe político. “Se ele respondesse, seria simples. Mas agora vim com conversa de golpe político, sem conseguir explicar os motivos pelo qual foi acusado de improbidade administrativa, isso é afirmação de quem não tem argumento para responder os fatos pelo qual foi cassado”.

Dany Nascimento