12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Moradores vão a audiência pública para relatar problemas com Residencial Nelson Trad

O empreendimento custou R$ 90 milhões a atende 1,6 mil famílias.

A- A+

Com menos de um ano entregue aos moradores, os apartamentos do Residencial Nelson Trad, que custou R$ 90 milhões apresentam diversos problemas estruturais. A situação foi discutida em audiência pública, ontem convocada pela Comissão Permanente de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal.

Moradores do local e um representante da Brookfield Incorporações, responsável pela construção do residencial entregue no ano passado, participaram da audiência para resolver a situação. Segundo a população há vazamentos, infiltrações, rachaduras, pisos soltos, problemas nas caixas d’água, entre outros, nos mais de 800 apartamentos.

De acordo com a moradora, Marta Cristina Gonçalves dos Santos, em razão de um vazamento a sua residência está “permanentemente fedendo. Atrás do meu vaso sai xixi, está parecendo um banheiro de rodoviária velha. Todo esse dejeto vaza no vizinho de baixo. Paguei água para uma vizinha de baixo por quatro meses porque o encanamento dela estava no meu relógio. Foram lá, fizeram uma gambiarra e deu vazamento no teto”.

O diretor de construção da empresa, Pedro Paulo Cruz, afirmou que irá resolver todos os problemas. “Estamos aqui para ver se estamos errando e onde. Vamos minimizar. Não vou dizer que não vai ter falhas. Mas temos que nos juntar e mapear isso.”

O vereador Otávio Trad, que foi procurado pelos moradores, afirmou que a Câmara vai documentar as reclamações, enviar à empresa e acompanhar a execução dos reparos. Já o vereador Coringa, presidente da Comissão Permanente de Defesa do Consumidor, cogitou até mesmo a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Casa de Leis para apurar possíveis irregularidades no empreendimento, que custou R$ 90 milhões a atende 1,6 mil famílias.