17 de abril de 2024
Campo Grande 22ºC

PREFEITO DE PORTO MURTINHO

MP deve investigar confissão de fraude de Nelson Cintra ou deputado irá ao CNMPF

Prefeito se enrolou em entrevista, após vazar um vídeo em que ele aparece numa algazarra com garotas de biquíni, numa piscina de hotel em Corumbá

O deputado estadual Zeca do PT requereu na manhã desta 4ª.feira (13.mar.24), durante sessão na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), que a confissão do prefeito Nelson Cintra (PSDB), de que 'selecionou uma casa para uma cidadã de Porto Murtinho', seja investigada pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS).

Como mostramos aqui no MS Notícias, Cintra fez a confissão em entrevista à uma rádio de Porto Murtinho, em desespero após vazar um vídeo em que ele aparece numa algazarra com garotas de biquíni, numa piscina de hotel em Corumbá (MS). "O que aconteceu em Corumbá: uma bela piscina, num dos melhores, acho que é o melhor hotel de Corumbá, uma festinha regada a muita cerveja, sendo servida na boquinha do prefeito de Porto Murtinho, seu Nelson Cintra, junto com vereadores segundo as informações. E que depois do vexame, da repercussão: cerveja servida com uma mocinha de biquíni, na boca do prefeito. E depois de todo o vexame, o prefeito para tentar justificar vai para rádio e diz, chamando a atenção daquele que postou e que repercutiu toda a história, de que não deveria fazer isso, afinal de conta ele prefeito e a primeira-dama haviam contemplada a mulher do denunciante com uma casa do programa Minha Casa Minha Vida, ou seja, tudo errado!", disse Zeca.

O deputado disse que encaminhou um requerimento, cobrando informações ao governador Eduardo Riedel (PSDB), em cópia à diretora-presidente da Agência de Habitação Popular do Estado de Mato Grosso do Sul (Agehab) Maria do Carmo Avesani Lopes. “Indagando a Agehab se tinha ou tem conhecimento sobre a utilização por parte do prefeito, de critérios diferentes dos estabelecidos por lei no processo de distribuição de unidades habitacionais do programa da agência naquele município de Porto Murtinho, ou se autorizou tal procedimento”.  

Zeca ainda alertou que caso o MPMS não lhe dê um posicionamento sobre essa, que deve ser sua sétima denúncia cobrando providências, ele irá ao Conselho Naional do Ministério Público cobrar investigação sobre o MPMS. "Eu quero informar senhor presidente, que provavelmente ao, a Procuradoria do Ministério Público Estadual, seja esta, talvez, a terceira, a quarta, a quinta, a sexta, sétima denúncia que eu faço pedindo providências, investigação do Ministério Público, sem que absolutamente nada, até agora, me chegou de volta. Portanto, eu vou aguardar alguns dias para mais esta denúncia sob pena de não encaminhando procedimentos, que o que me parece é que o Ministério Público não tem vontade de apurar. Vou juntar tudo isso aqui e vou encaminhar ao Conselho Nacional do Ministério Público pedindo a investigação do Conselho Nacional em cima do MP nosso estado”. Assista a íntegra: 

Trio de mulheres vai definir seu próprio jogo na Capital
ELEIÇÕES 2024
há 1 hora

Trio de mulheres vai definir seu próprio jogo na Capital

Com 86 pontos alagados, prefeita mobiliza 13 equipes na Capital
PERÍODO CHUVOSO
há 9 horas

Com 86 pontos alagados, prefeita mobiliza 13 equipes na Capital

Delcídio do Amaral enfrenta revés judicial em caso de propina milionária
TJMS
há 10 horas

Delcídio do Amaral enfrenta revés judicial em caso de propina milionária

Brasil subirá mais, tornando-se a 8ª maior economia do mundo
ECONOMIA | FMI
há 13 horas

Brasil subirá mais, tornando-se a 8ª maior economia do mundo

Bolsonarista que presidiu a Aprosoja é alvo da PF em MS
OPERAÇÃO LESA PÁTRIA
há 1 dia

Bolsonarista que presidiu a Aprosoja é alvo da PF em MS

Verruck, 'um dos intocáveis', nega candidatura que incendiou prós, contras e "próximos"
SEM FIO DA MEADA
há 1 dia

Verruck, 'um dos intocáveis', nega candidatura que incendiou prós, contras e "próximos"