25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

PMDB define candidatos só em fevereiro de 2014, afirma Simone

A vice-governadora e pré-candidata ao senado, Simone Tebet (PMDB) afirmou nesta manhã que o partido só confirmará a decisão sobre seus candidatos para disputar as eleições de 2014 em fevereiro do ano que vem. Segundo ela, a possibilidade do governador André Puccinelli (PMDB) ser o candidato da legenda para o cargo de senador dificulta o fechamento de alianças.

“Em 2014 já teremos uma definição do próprio governador. Porque hoje as pessoas ainda me perguntam ‘mas o governador não é candidato? ’. Então eu sei que a partir de fevereiro, porque em janeiro eu assumo o governo, não dá pra fazer da forma como nós queremos, mas a partir de fevereiro já teremos sacramentado a posição do PMDB. Quem é candidato ao governo, quem é candidato ao senado. Nós já temos essas convicções, mas as pessoas ainda não”, declarou.

De acordo com a vice-governadora, dados mostram que 30% da população ainda não conhece o nome de Simone. A parlamentar, que aparece a frente de seu colega de legenda, o ex-prefeito Nelsinho Trad (PMDB), como a candidata peemedebista favorita dos eleitores para disputar tanto o senado quanto o executivo estadual, destacou seu potencial para as eleições de 2014.

“Represento um partido muito forte, administrativamente falando, no Estado. Hoje somos uma referencia em matéria de trabalho. Poucos fizeram tanto por Mato Grosso do Sul quanto o governo do Estado, reconhecendo sem dúvida nenhuma a parceria do governo federal. o fato de ter pouca rejeição, acho que é um somatório. Saber que as mulheres hoje estão interessadas por política e não tem medo de votar em mulher somado com o fato de eu ser professora. Grande parte da minha aceitação é de ex-alunos de professores, de pessoas que conhecem o meu trabalho”, garantiu.

Diana Christie e Clayton Neves