21 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 21º

PT anuncia aliança com tucanos e irá comunicar nacional na próxima semana

A executiva estadual do PT (Partido dos Trabalhadores) anunciou que o partido decidiu formalizar a aliança com o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira em Mato Grosso do Sul para disputa ao governo do Estado este ano. Segundo o presidente regional do partido, a decisão pela aliança foi avalizada até pelos membros do PT que aidnaeram contrários e agora ele e o senador Delcídio do Amaral, pré-candidato ao governo do Estado, se reunião com a presidente Dilam Rousseff e com o presidente nacional do partido Rui Falcão para comunicar a decisão do diretório sul-mato-grossense. "Agora iremos tratar com a nacional abertamente sobre a aliança com o PSDB. Hoje ainda eu o Delcídio iremos conversar com o presidente regional do PDT João leite Schimidt para falar sobre os detalhes da aliança e semana que vem conversaremos com Dilma e com Rui", explica. Segundo Paulo Duarte, durante a reunião com as lideranças do PT no Estado, que durou quase quatro horas, foram consideradas todas as dificuldades em compor a aliança tanto por parte da nacional do PT quanto do PSDB. No entanto, foi deliberado pela aliança devido à similaridade dos projetos políticos de ambos os partidos. "Não tem mais sentido prolongar esta conversa. O PT irá compor aliança com PSDB, até porque o PMDB já anunciou que tem candidato próprio ao governo, por isso o sonho da nacional do PT de se unir ao PMDB no Estado não poderá se concretizar". O presidente do PT no Estado destacou que o partido sul-mato-grossense reconhece a importância da eleição da presidente Dilma Rousseff, mas que entende que a eleição de Delcídio é tão importante quanto a de Dilma. Duarte ressaltou que possui algumas cartas na manga para convencer a nacional a apoiar a aliança, mas preferiu manter sigilo até a próxima semana. "Temos que lembrar que em 2012, Campo Grande e Mato Grosso do Sul aprenderam que as alianças não podem ser por conveniência partidária e sim pelo que a população e aqui no Estado com PSDB não existe disputa. O povo quer saber quem vai resolver os problemas de Mato Grosso do Sul e não de lutas ideológicas dos partidos". Paulo Duarte destacou que o PT possui diversas similaridades com o PSDB no Estado como a maneira de valorizar a questão agrária. O PT foi um dos partidos que mais fez crescer  o agronegócio no Estado", afirma. O presidente regional do PT garantiu que a decisão já foi comunicada ao deputado federal Reinaldo Azambuja e às lideranças tucanos no Estado que confirmaram a aliança. "O PSDB disse sim. Agora é só falar com os diretórios nacionais". Paulo Duarte explicou que a formatação da campanha ainda será discutida pelos partidos. Heloísa Lazarini e Diana Christie