20 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Quebra pau na Câmara: Alex e Paulo Siufi se estranham com direito a empurrão

O clima esquentou na sessão de julgamento do prefeito Alcides Bernal (PP), onde uma discussão foi iniciada pelo vereador Paulo Siufi (PMDB) e o vereador Marcos Alex (PT). Ambos se alteraram e Paulo Siufi acabou empurrando o vereador Marcos Alex e no mesmo instante, o vereador Paulo Pedra (PDT) entrou na briga, pedindo calma aos parlamentares, discutindo também com Siufi.

Preocupado com as discussões, o vereador e presidente da Câmara Municipal Mário César (PMDB) pede para Paulo Siufi se acalmar. Incomodado com os gritos dos manifestantes, o vereador Elizeu Dionísio (SDD) pede para que baderneiros sejam retirados do plenário e dessa forma, os manifestantes que estão defendendo o prefeito, gritam pela saída de Elizeu.

E os ânimos dos parlamentares continuam a flor da pele, pois o vereador Paulo Siufi (PMDB) discutiu com a diretora da Agereg, Ritiva Cecília de Queiroz Vieira. Em meio à discussão, o vereador usou uma palavra de baixo calão e ofendeu a diretora. No clima de “guerra”, os manifestantes insistem em pedir a saída de Elizeu do local, afirmando que o mesmo deu um “soco” no prefeito.

Revoltado com o pedido dos manifestantes, Elizeu diz que “é uma vergonha” ter funcionário público defendendo o prefeito, alegando que Bernal “esconde coisas debaixo do pano”. O vereador finaliza sua fala, afirmando que não consegue prosseguir, porque os manifestantes estão fazendo algazarra no plenário.

O principal motivo das discussões assiste tudo em silêncio, Bernal prefere observar tudo calado.

Dany Nascimento e Heloísa Lazarini