12 de maio de 2021
Campo Grande 26º 17º

MELHORAS

Rotatória na MS-162 para acesso à Picadinha pode ser implantada

Agesul, vereador e secretário de Infraestrutura estudam o caso

A- A+

Atendendo indicação do vereador Silas Zanata (Cidadania), endereçado ao secretário de estado de Infraestrutura, Murilo Zauith (DEM), ao deputado estadual Marçal Filho (PSDB) e ao diretor da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), Luis Roberto Martins de Araújo, solicitando implantação de uma rotatória na MS-162, visando dar acesso ao distrito de Picadinha, em Dourados.

O vereador recebeu ofício, protocolado na Câmara Municipal no dia 10 deste mês, do diretor presidente da Agesul, informando que irá providenciar um estudo de viabilidade técnica e econômica. Após a verificação, para saber se o Estado terá aporte financeiro para contratação do projeto, será realizada a execução da obra.

"A construção de uma rotatória na MS-162, entrada do distrito de Picadinha, é necessária, uma vez que neste ponto existe um fluxo de veículos muito grande, o que já provocou vários acidentes com vítimas neste local, portanto, a construção de uma rotatória proporcionará maior tranquilidade, tanto para os moradores quanto para os que transitam na rodovia. É uma obra que poderá dar maior mobilidade ao nosso trânsito para desafogá-lo, melhorando a saída de quem adentra ao distrito e também viabilizar essa questão de retorno e acesso, firmando nosso compromisso de lutar pela melhoria e bem-estar de toda população douradense", explicou Silas.