27 de fevereiro de 2021
Campo Grande 32º 22º

INTERIOR

Maracaju paga servidores antes de vencer o mês

A administração tem políticas publicas humanistas, diz secretário Lenilson Carvalho

O mês de maio se encerra na próxima sexta-feira, 31. Depois disso, excluídos o sábado e o domingo, começam a correr os primeiros cinco dias úteis de junho. E, geralmente, o pagamento dos salários do funcionalismo publico é feito até o quinto dia, o que projetaria que somente no dia sete de junho os servidores estariam recebendo a remuneração do mês anterior.

Essa lógica, no entanto, tem suas exceções. E para alegria dos servidores do município, Maracaju faz parte desse restrito círculo de prefeituras brasileiras que, apesar da implacável conjuntura recessiva, com arrecadações em baixa e investimentos em compasso de espera, conseguem cumprir em dia os seus compromissos considerados de primeira necessidade. Desde que assumiu seu terceiro mandato, em janeiro de 2017, o prefeito Maurílio Azambuja (MDB) vem fazendo um esforço bem-sucedido para garantir a regularidade no repasse para pagamento de funcionários e fornecedores.

“Os trabalhadores da Prefeitura de Maracaju têm esse tratamento, essa atenção, porque é uma das prioridades inegociáveis da administração. Todas as políticas publicas implementadas aqui pelo prefeito Maurílio Azambuja são humanistas, direcionadas à promoção humana, à inclusão, ao apoio dos setores produtivos e de geração de renda”, destacou o secretário de Fazenda e Administração, Lenílso Carvalho.

Responsável pelo vitorioso planejamento que modernizou e equilibrou as finanças da Prefeitura, Carvalho anunciou a antecipação do pagamento de maio na sexta-feira passada, quando apresentou as propostas da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020, a Lei Orçamentária e alguns ajustes no Plano Plurianual (PPA). Ele reiterou o compromisso de Maurílio Azambuja de valorizar os servidores e os serviços públicos. E salientou que além do funcionalismo os fornecedores também estão sendo pagos em dia pela Prefeitura.