28 de novembro de 2020
Campo Grande 36º 23º

Schimidt apela para sensatez de Paulo Pedra e diz que irá ouvi-lo em momento oportuno

Para o presidente do PDT em Mato Grosso do Sul, João Leite Schimidt,  a recente ameaça feita pelo vereador Paulo Pedra (PDT) de se desligar do partido caso o PDT não apoie candidato petista ao governo do Estado, Delcídio do Amaral, nas eleições desse ano, deve ser discutida no momento oportuno com sensatez. “Essa semana ele (Pedra) é uma coisa e na semana que vem ninguém sabe o que ele vai dizer por que ele muda de opinião a toda hora. Esse é o estilo dele de não saber o que quer”, avalia Schimdt. Recentemente Paulo Pedra (PDT) afirmou que abriria mão de sua candidatura a deputado federal nas eleições deste ano e até mesmo pediria desfiliação do PDT, caso o partido lançasse a candidatura do juiz federal Odilon de Oliveira ao governo do Estado ao invés de apoiar Delcídio. Despreocupado e com postura apaziguadora, Schimidt relata que apela para a sensatez do vereador e afirma que irá procurar Paulo Pedra para ouvi-lo e conhecer seus reais interesses assim que possível. “Ele está falando por ele mesmo e pelas próprias convicções dele, porém, somos um partido político e não um bando. Vamos ouvi-lo no momento oportuno, até porque não faço política por mídia e sim frente a frente”, pontua. Clayton Neves