04 de maro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Negociação salarial

Sem acordo com Bernal, administrativos da educação entram em greve

Sem acordo com Executivo Municipal, os servidores administrativos da educação de Campo Grande, decidiram paralisar atividades esta semana e devem entrar em greve geral a partir da próxima segunda-feira (11).

Conforme informações do Sisem, será enviado ainda nesta quinta-feira (7) comunicado ao prefeito Alcides Bernal informando-o sobre início da paralisação e até segunda-feira, quando deve ser decretada greve geral, os servidores farão manifestações em frente à prefeitura entre às 11h20 e 12h20.

A greve já havia sido anunciada no início da semana pelo presidente do Sisem, Marcos Tabosa, depois que prefeito enviou à Câmara de Vereadores projeto com proposta de reajuste salarial de 9,57%. Como administrativos e professores foram contrários ao projeto, em meio à pressão dos sindicalistas, os vereadores não aprovaram projeto.

Diante disso, por lei, como 2016 é ano eleitoral, o prefeito não pode conceder reajuste superior a 2,79% que corresponde à correção da inflação do ano.