GEO AND DEVICES - POR TERO QUEIROZ

MS Notícias

quinta, 04 de junho de 2020

CENÁRIO 2020

Sucessão em Dourados: Marçal Filho se consolida na preferência

Prefeita Délia Razuk é a campeã em rejeição e pode ficar fora da disputa

Por: REDAÇÃO17/05/2019 às 17:32
ComentarCompartilhar
Foto: Reprodução/Web

Se as eleições fossem hoje, o deputado estadual Marçal Filho (PSDB) seria eleito para suceder Délia Razuk (PR) na Prefeitura de Dourados. De acordo com a mais recente consulta de intenções de voto feita pela Ranking Pesquisas e Comunicação, ele lidera as opções do eleitorado nas diversa simulações e ainda tem a mais baixa pontuação no ranking de rejeições, enquanto ela, além de uma gestão mal avaliada, ainda seria a mais rejeitada na hipótese de ingressar no páreo sucessório.

Realizada de 04 a 13 deste mês com 1.200 pessoas a partir dos 16 anos de idade, a pesquisa tem um intervalo de confiança de 95% e margem máxima de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. O número de indecisos, de quem não respondeu e de quem não soube responder é bem grande: 77,16% dos entrevistados. Na consulta espontânea, Marçal chegou a 15,25%, quase três vezes à frente do segundo colocado, o deputado estadual Renato Câmara (MDB), que tem 5,41%.

Os mais próximos concorrentes citados são o secretário de Saúde e deputado federal licenciado Geraldo Resende (PSDB), com 3,08%; o pecuarista, assessor do Ministério do Meio Ambiente e primeiro suplente da senadora Soraya Tronicke (PSL), Rodolfo Nogueira, com 2,75%. O deputado estadual Barbosinha (DEM) tem 2,00%, o vereador Alan Guedes 1,75% e a prefeita Délia Razuk, 1,33%. Os outros citados somam 1,25% e 67,18% formam a legião de quem está indeciso, quer anular o voto ou votar em branco.

Já na consulta estimulada a diferença pró-Marçal sobre Renato Câmara é maior: o tucano tem 29,16% e o emedebista 9,08%. A relação se completa, pela ordem, com Geraldo Resende (6%), Murilo Zauith (4,33%), Rodolfo Nogueira (4,00%), Barbosinha (3,75%), Alan Guedes (3,25%) e Délia Razuk (3,00%). Os brancos, nulos e indecisos são 37,43%. Vale observar que Zauith não pretende ser candidato a prefeito e Resende teria assumido com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) o compromisso de não concorrer em 2020.


 DE JEITO NENHUM 

Na tabela de rejeições, a ponta é ocupada pela prefeita Délia Razuk. Mais de um terço dos eleitores (33,25%) citaram seu nome para responder à pergunta sobre em quem não votariam de jeito algum. Délia é esposa do ex-deputado estadual Roberto Razuk e ambos têm um filho, Neno Razuk (PTB), que ocupa hoje uma das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa.

A segunda maior rejeição é de Geraldo Resende (9,75), seguido por Murilo Zauith (7,08%), Barbosinha (4,25%), Renato Câmara (4,08%), Alan Guedes (3,16%), Rodolfo Nogueira (2,25%) e Marçal Filho (2,00%). O total dos votos em branco, nulos e de eleitores indecisos é 34,18%. A presença de Rodolfo Nogueira no cenário político douradense aconteceu efetivamente quando teve seu nome içado para ocupar cargos de destaque: a primeira suplência da senadora Soraia Thronicke (PSL) e um cargo na assessoria do ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

15 de maio de 2020
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial
Ministério da Cidadania fala sobre auxílio emergencial

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua José Barnabé de Mesquita, 948
CEP 79100.200 - Vila Duque de Caxias
Campo Grande/MS
 (67) 99309.8172

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma