26 de julho de 2021

Suspeita por “tapa-buraco fantasma”, Selco vence licitação de mais de R$ 1 milhão

Quase dois meses depois de ter sido flagrada executando um serviço de “tapa-buraco” fantasma no bairro Jardim dos Estados em Campo Grande,  em janeiro deste ano, a empresa responsável pelo serviço até hoje não explicado, a Selco Engenharia acaba de vencer mais uma licitação no valor de R$ 1,3 milhões da prefeitura de Campo Grande.

Foi publicado hoje no Diário Oficial de Campo Grande, o resultado da tomada de preços 047/2014 que prevê contratação de empreiteira para execução de obras infraestrutura urbana e pavimentação asfáltica e drenagem em águas pluviais nos bairros Jardim Morumbi e Vilas Boas.

A Selco, de propriedade do empresário Abimael Lossavero, já foi alvo de diversas denúncias de favorecimento em licitações junto ao município de Campo Grande. Até hoje, Lossavero não explicou o porquê determinou que seu funcionário, demitido depois do escândalo, executasse o serviço de tapa-buraco em rua lisinha. A empresa chegou a emitir um laudo alegando que havia fissuras, mas ainda hoje o resultado é considerado duvidoso por técnicos da área.

Em fevereiro deste ano, o MS Notícias, publicou, com exclusividade, uma matéria que relatava o esquema de favorecimento a Abimael por parte da prefeitura. Na época, empresários que participavam da concorrência pública nº 034/2014 para contratar empreiteiras para realizar serviços de limpeza de vias públicas não pavimentadas, e revestimento primário conhecido como cascalhamento, denunciaram ao MS Notícias que teriam sido procurados pelo secretário de infraestrutura, Valtemir Brito, o Caco, que teria pedido a eles que não participassem da concorrência, pois já haviam sidos "escolhidas" as empresas vencedoras, uma delas era a Selco Engenharia. Depois da denúncia, a licitação foi cancelada.

Também em fevereiro, em meio à polêmica sobre buracos fantasmas, a prefeitura chegou a suspender esta tomada de preços como mostram documentos nesta matéria, mas agora, quase dois meses depois, o processo foi retomado e a Selco vencedora.

Infelizmente, perante a lei, mesmo com todas as denúncias de irregularidades praticadas não só pela Selco, mas por outras empresas, não são suficientes para que ela seja impedida de participar de licitações, cabendo ao poder público o "bom senso" de excluir ou não empresas suspeitas dos processos licitatórios. Outro fator que vale a pena ser lembrado á que nesses casos, cabe atuação de investigação e fiscalização do Ministério Público, seja estadual ou até mesmo federal em alguns casos onde as verbas são provenientes da União. 

 

 

 

 

Covid-19: Prefeitura convoca para vacinação da 2ª dose da CoronaVac
Política
há 18 minutos

Covid-19: Prefeitura convoca para vacinação da 2ª dose da CoronaVac

Monitoramento realizado pelo Imasul aponta boa qualidade das águas subterrâneas de MS
Política
há 18 minutos

Monitoramento realizado pelo Imasul aponta boa qualidade das águas subterrâneas de MS

Cemitério centenário encontrado na região da Piaba é reformado pela Administração de TL
Política
há 48 minutos

Cemitério centenário encontrado na região da Piaba é reformado pela Administração de TL

Prefeitura e CTG analisam plano emergencial para barreira da usina
Política
há 49 minutos

Prefeitura e CTG analisam plano emergencial para barreira da usina

PRF/MS recebe visita do secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado
Polícia
há 1 hora

PRF/MS recebe visita do secretário de Justiça e Segurança Pública do Estado

Obra no Joaquim Português avança e novo trecho é interditado
Política
há 1 hora

Obra no Joaquim Português avança e novo trecho é interditado