28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

Vander ainda acredita que aliança com PSDB será possível

Vander Loubet2Após tomar conhecimento de que o pré-candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) deu indícios ontem de que uma aliança entre PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e o PT (Partido dos Trabalhadores) no Estado não seria um bom caminho e que o ex-presidente Lula (PT) afirmou que essa aliança é um ato contra seu partido, o deputado federal Vander Loubet (PT) disse que até o dia 30 de abril continua defendendo a aliança, pois o problema entre que existe entre os partidos é nacional e segundo o deputado, não existe nenhum problema entre petistas e tucanos no Estado.

Caso a aliança entre o PT e o PSDB seja descartada pela executiva nacional, Vander acredito que Mato Grosso do Sul terá três pré-candidatos ao governo do Estado”, explica o deputado.

Vander ressalta ainda que o objetivo dos petistas é oferecer as vagas de vice-governador e de senador aos partidos aliados e afirma que a intenção é lançar um vice de Dourados por ser uma região forte. “Nossa intenção é oferecer vaga de vice e vaga de senador para os partidos que caminharem conosco nessas eleições. Defendo que nosso vice tem que sair de Dourados, não temos um nome para citar, mas sendo alguém do PR (Partido da República), PDT (Partido Democrático Trabalhista) ou PSB (Partido Socialista Brasileiro) tenho a certeza que será uma boa escolha”.

O deputado faz questão de lembrar que essa não será uma eleição fácil e que seu partido deve procurar o maior número de aliados. “Nossa intenção é ganhar, eu quero ganhar, então temos que se aliar ao maior número de partidos possíveis para conseguir sair com a vitória, porque juntos com certeza vamos vencer e fazer um excelente trabalho em Mato Grosso do Sul”.

Dany Nascimento