05 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 16º

Vereador diz que procuradoria jurídica trabalha isenta de lados

Clayton Neves

O vereador e presidente da Câmara de Campo Grande, Mário Cezar (PMDB) disse na tarde de hoje que a procuradoria jurídica da Casa tem feito um bom trabalho e comentou a declaração do prefeito da Capital. “A procuradoria trabalha sim para a mesa diretora, afinal a mesa representa todos os vereadores”, Mário relata ainda que “a procuradoria sempre trabalha com toda isenção de lados”.

Hoje pela manhã o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) acusou a procuradoria jurídica da Câmara de Vereadores de manipular o resultado da análise das condições legais dos dois pedidos de abertura de Comissão Processante contra ele.

 Segundo o Coordenador-Geral do Apoio Jurídico, Fernando Miceno Pineis, não cabe a procuradoria analisar a importância das denúncias, mas verificar se os documentos apresentados são suficientes para se instalar uma investigação. “Nós apenas concluímos se os documentos apresentam ou não requisitos necessários, quem decide a importância são os vereadores, o plenário é soberano”, explica.