15 de junho de 2021
Campo Grande 28º 15º

Waldir Neves nega disputa política e enumera irregularidades em aposentadoria de José Ricardo

A- A+

O presidente do TCE-MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul) Waldir Neves conversou com MS Notícias na Assembleia Legislativa sobre a batalha judicial que se formou em torno da aposentadoria do conselheiro José Ricardo Pereira Cabral.

Esta é a primeira vez que Waldir se manifesta publicamente sobre o caso e segundo o presidente da corte fiscal, existe uma conjuntura de ilegalidades praticadas por José Ricardo que anulam a aposentadoria do conselheiro que não foram observadas.

Segundo Neves, essa batalha agora jurídica, não deve ser entendida como disputa política, e sim como uma questão meramente jurídica. "O pedido de aposentadoria dele está calçado em problemas de saúde e em tempo de serviço, mas existem procedimentos padrões para isso, definidos juridicamente que não foram cumpridos por José Ricardo", explica Waldir.

Embora esteja "comandando" as ações do TCE-MS na justiça para anular a aposentadoria de José Ricardo e consequentemente a indicação do deputado estadual Antonio Carlos Arroyo (PR) para suprir a vaga, Waldir nega que o episódio polêmico possa trazer a Arroyo qualquer tipo de mal-estar caso ele vença na justiça e garante seu direito de ser empossado conselheiro do TCE. "Se se por ventura a justiça decidir que Arroyo pode assumir a vaga, não acredito que ele seria um conselheiro constrangido", finaliza Waldir.

Heloísa Lazarini e Edson Moraes