04 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

Zeca afirma que ‘leilão da resistência’ é desculpa para milícia

O vereador Zeca do PT afirmou nesta manhã que o ‘leilão da resistência’ criado pelos produtores rurais é uma forma disfarçada de criar uma milícia. O parlamentar critica os fazendeiros que possuem áreas ocupadas por índios, pois eles pretendem leiloar, no dia 07 de dezembro, 500 cabeças de gado para arrecadar fundos para contratação de seguranças particulares.

“Eu acho uma pouca vergonha. É extremamente perigoso para a democracia. É evidente que há problemas, mas esta não é a solução. Querem implantar o estado de terror em todos com opinião diferente. É formação de milícia”, declarou.

Zeca contou também que, juntamente com entidades como a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), vai enviar um pedido ao MP (Ministério Público) para impedir a contratação desses seguranças particulares.

O vereador ainda responsabilizou o atual governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), pelos conflitos.  “Grande parte disso é culpa do Puccinelli. Os fazendeiros não tem coragem de cobrar dele. Eles têm medo de enfrentar o André. O Puccinelli não contribui para resolver o problema e, consequentemente, acaba incentivando o conflito”, acusou.

Diana Christie