22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Maracaju

Maurílio não conclui obras de drenagem e população sofre com casas alagadas e ruas que viram "rios"

A população de Maracaju, cidade administrada pelo prefeito Maurílio Azambuja (PMDB), sofre, mais uma vez com problemas de infraestrutura ocasionados pelas falhas de gestão da atual administração.

O prefeito, que na semana passada, foi alvo de duras críticas depois da publicação de extrato de contrato assinado por ele, Maurílio Azambuja, com produtora F&S Produções Artísticas Ltda, para realização de um show da dupla sertaneja Fernando & Sorocaba, por R$ 210 mil, começou a semana sob novas críticas.

Maurílio foi bombardeado pela população nas redes sociais depois da chuva que atingiu município este fim de semana e provocou inundações em diversos pontos da cidade. Em algumas ruas, casas ficaram alagadas e moradores registraram em vídeo o desespero das pessoas tentando impedir que chuva entrasse em suas residências. Muitos perderam vários móveis.

Este foi o caso da avó de Jéssica Exparso, 24 anos, que indignada publicou vídeos e fotos no Facebook para demosntrar sua insatisfação. Segundo Jéssica, o que aconteceu domingo (21) e esta segunda-feira (22) é comum. Jéssica relata que sua avó, uma senhora de 70 anos, já  presenciou nos últimos dois anos oito alagamentos em sua casa.

A avó de Jéssica mora no Conjunto BNH, considerado região de classe média de Maracaju, porém, segundo a neta, o problema todo está no fato de que a obra de drenagem terminou na Rua Marabá e na Rua Ipanema, onde sua avó mora, a atual gestão não deu continuidade. “Ficamos indignados, é inacreditável, pois Maracaju é uma cidade pequena e recebe muita verba federal, mas o Maurílio é ótimo como médico, mas deixa a desejar como prefeito”.

Jéssica relata que a cerca de 500 metros acima da casa da sua avó está a BR- 267 onde se instalaram novas empresas na cidade, entre elas a Shark Tratores. No local, o atual prefeito construiu uma lagoa de contenção. Conforme a moradora, essa lagoa se enche facilmente devido à intensidade das chuvas e a água transborda descendo diretamente para bairro onde sua avó mora e outros como Napoleão, onde moradores tiveram que quebrar muros para conseguir fazer com que a água escoasse.

“Ali faltou drenagem, pois a água desce e cai direto na rua da minha avó. Ela já perdeu três geladeiras, quatro guarda-roupas, três sofás, quatro máquinas de lavar. A situação está insuportável. Cada vez que chove temos que trocar os móveis”, desabafa.  

Obras anteriores

A rua que dá origem à Ipanema, onde mora a avó de Jéssica, é a Rua Maraba, que foi asfaltada e recebeu sistema de drenagem na administração anterior a de Maurílio. O valor de recursos, na época, foi de R$ 1,5 milhões, provenientes de convênios com governo federal e também de contrapartida do Município. Com obra da Marabá concluída, a atual gestão assumiu Prefeitura de Maracaju com compromisso de concluir restante da via, que já é pavimentada, mas necessita de sistema de drenagem, justamente, para evitar, inundações. 

Entretanto, como apontam algumas lideranças políticas da cidade, que preferem não ser identificadas, faltou ao prefeito atual, Maurílio Azambuja, habilidade política para dialogar com bancada federal em busca de recursos. O restante da obra, que abriga exatamente a região onde a avó de Jéssica reside, está orçado em R$ 1,5 milhão. Maurílio, porém, não conseguiu liberação do dinheiro junto aos parlamentares federais de Mato Grosso do Sul nem mesmo nos ministérios em Brasília.

Enquanto o prefeito não resolve o problema, a população continua sofrendo com o alagamento das residências em ruas que, em dias de chuva, se tornam verdadeiros rios. Confira vídeos registrados neste fim de semana pelos moradores.

 

 

Polícia Civil prende suspeito de tráfico que entregava drogas em estacionamento de mercado
Polícia
há 17 minutos

Polícia Civil prende suspeito de tráfico que entregava drogas em estacionamento de mercado

"BBB 21": Leo Jaime quer saber por que todo mundo está com ranço de João Luiz
Variedades
há 17 minutos

"BBB 21": Leo Jaime quer saber por que todo mundo está com ranço de João Luiz

Governo autoriza segunda rodada de excedentes da cessão onerosa
Economia
há 17 minutos

Governo autoriza segunda rodada de excedentes da cessão onerosa

Polícia Civil fecha ponto de venda de drogas e prende suspeitos, em Anastácio
Polícia
há 37 minutos

Polícia Civil fecha ponto de venda de drogas e prende suspeitos, em Anastácio

Presidente sanciona a Lei Orçamentária de 2021 com veto parcial
Política
há 37 minutos

Presidente sanciona a Lei Orçamentária de 2021 com veto parcial

Com vetos parciais, Bolsonaro sanciona Orçamento de 2021 no limite do prazo
Economia
há 37 minutos

Com vetos parciais, Bolsonaro sanciona Orçamento de 2021 no limite do prazo