10 de agosto de 2020
Campo Grande 32º 19º

ECONOMIA

Nota de R$ 200: por que agora e qual a razão de tanta polêmica

Banco Central anunciou o lançamento da cédula de R$ 200, que terá imagem do lobo-guará

O lançamento da nota de R$ 200 foi anunciado pelo Banco Central na 4ª-feira (29. julho) e gerou grande repercussão — desde críticas no sentido de que facilitaria lavagem de dinheiro até memes com imagens de como deveria ser a nova cédula do real, qual bicho deveria ser ilustrado na cédula. Fazem 18 anos que o Real não tinha cédulas nova, a última tinha sido a de 20 reais.  

O alarde, se deu, devido a falta de comunicação do governo de Jair Bolsonaro, que não fez nenhuma campanha ou anúncio para apresentação da ideia aos brasileiros. A avaliação foi defendida pelo economista Fábio Terra, que é professor de economia na Universidade Federal do ABC, em São Paulo. A reportagem é da BBC News Brasil.  

"Não havia notícias de que o Banco Central estudava lançar a nova nota", explicou. Para ele, isso causou surpresa na população. Além disse, Terra explicou que o momento de crise econômica enfrentado pelo Brasil, colabora para esquentar a polêmica, em um país que  viveu um grande período de alta inflação — desde meados dos anos 1980 até 1994, quando o Plano Real conseguiu finalmente controlar o processo inflacionário e estabilizar a moeda.

"A nota com valor muito alto pode trazer para a memória coletiva o susto de que o dinheiro está perdendo valor", disse Terra. 

Para a política monetária, a expectativa é importante, mas os economistas apontam que o Brasil está bem longe de voltar a ver inflação alta. Muito pelo contrário. Com a economia em retração, a expectativa é que a inflação fique abaixo dos 2% neste ano.

Os economistas do mercado financeiro esperam que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fique em 1,67% neste ano, segundo o Boletim Focus, do Banco Central, divulgado na última segunda-feira. A previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) é de uma retração de 5,77% neste ano.

Terra disse, ainda, que o anúncio num momento em que o Brasil registra mais de 90 mil mortes e 2,5 milhões de casos confirmados de covid-19 pode dar a sensação para alguns de que "talvez as prioridades não sejam tão prioritárias".

Será a primeira vez, em 18 anos, que o real ganhará uma cédula de novo valor. Ela se juntará aos seis valores de cédulas hoje em circulação: R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100.

VEJA A REPORTAGEM DE LAÍS ALEGRETTI - DA BBC NEWS BRASIL

Fonte: BBC News. 

Exemplo
Novos depósitos: Bolsonaros receberam 89 mil e Queiroz pode voltar para a cadeia
'*COM JUROS'
há 1 dia

Novos depósitos: Bolsonaros receberam 89 mil e Queiroz pode voltar para a cadeia

Ministro da Justiça volta atrás e admite a existência de uma 'lista de opositores'
MENTIU?
há 1 dia

Ministro da Justiça volta atrás e admite a existência de uma 'lista de opositores'

TCE-MS responde consulta formulada por gestores públicos dos três Poderes
ESCLARECIMENTOS
há 1 dia

TCE-MS responde consulta formulada por gestores públicos dos três Poderes

MS ultrapassa 30 mil infectados e 490 mortes: "Não temos controle da doença", diz Secretário
NÚMERO MS
há 1 dia

MS ultrapassa 30 mil infectados e 490 mortes: "Não temos controle da doença", diz Secretário

Ao vivo: veja os dados atualizados do coronavírus em MS
CORONAVÍRUS
há 1 dia

Ao vivo: veja os dados atualizados do coronavírus em MS

Explosão em Beirute: alerta 215 terminais portuários no Brasil, diz Conselho
CONSELHO DE QUÍMICA
há 1 dia

Explosão em Beirute: alerta 215 terminais portuários no Brasil, diz Conselho