18 de junho de 2021
Campo Grande 27º 15º

ARTE | COMEMORAÇÃO

Casa de Ensaio celebra 25 anos com transmissão especial de aniversário

Música, poesia e dança garantem a comemoração de duas décadas e meia de atividades em Campo Grande

A- A+

Na próxima 3ª feira (11.mai.2021) acontece uma transmissão em celebração dos 25 anos do centro cultural Casa de Ensaio, que traz uma programação envolvendo um Vídeo Mapping Criado pelo Coletivo Algo+Ritmo (UFMS); Edu Brincante com poesias de Manoel de Barros; a voz da cantora Marta Cel; entre vários artistas e colaboradores.

No dia 11 de maio, através das redes sociais Facebook e Instagram, os responsáveis pela Casa de Ensaio irão disponibilizar o link para a transmissão, que será feita através do aplicativo Zoom. 

"Eu venho desenvolvendo isso há 40 anos, 25 com a Casa de Ensaio. Hoje eu posso te falar com legitimidade do potencial transformador que a arte traz. Sei por esses anos todos, o quanto as pessoas que entraram  e passaram pela casa foram arte-transformadas", explica a criadora do centro cultural, Laís Dória.

Laís conta que o trabalho da Casa é voltado para o fim da infância , e que, apesar de desafiadora, essa é a faixa etária preferida para ela trabalhar. "Que pego dos 10 aos 17 anos, fim da infância, pré e adolescência em si. É a taxa mais difícil, porque a criança vai deixando de ser e as coisas já não tem mais graça, o adolescente não é adulto... é uma fase que todo mundo chama de 'aborrecente' e é a que eu mais gosto, porque é onde eles se encontram e ficam felizes, onde são todos iguais com as suas diferenças"

A CASA

Fundada em 1996, a Casa hoje conta com 70 alunos que participam de atividades como o curso “Brincaturas e Teatrices”, carro chefe das ações da instituição, que oferece um programa de oficinas artísticas para crianças e jovens de diversos bairros da capital, ou de tantos projetos realizados ao longo das duas décadas e meia de atividades: cursos, formações, festivais, atos artísticos, rodas de discussões, oficinas e muito mais.

Segundo Laís, hoje em Campo Grande, pouquíssimas escolas trabalham o exercício do coletivo através da arte. "Não tem mais tempo, fica só na coisa técnica. A criança e o adolescente precisam da arte, dessa alegria e sensibilidade para poder enfrentar o dia-a-dia lá fora, que não é fácil".

Em 25 anos anos já foram realizadas 18 peças teatrais com a participação de aproximadamente 5 mil alunos, sendo que 15 mil crianças e adolescentes estudaram na Casa nessas duas décadas e meia. O coletivo ainda exibiu produções para cerca de 100 mil pessoas, das quais muitas tiveram sua primeira vez no teatro.

"Está sendo bem difícil. Ano passado conseguimos montar um ato artístico online, mas com a maioria das crianças a conexão é péssima. É complicado a gente fazer um trabalho contínuo com eles, mas temos nos comunicado direto", explica Laís sobre as atividades da Casa em 2021.

De acordo com os registros da Casa de Ensaio, os 70 alunos anuais do programa de arte transformação “Brincaturas & Teatrices”, vem hoje de aproximadamente 50 escolas, sendo 90% delas públicas e 10% particulares.

Crianças da cas de ensaio
Laís destaca que, no momento, o que essas crianças precisam é conversar e falar como estão se sentindo. "Uma vez por semana iremos nos reunir para ficarmos conversando. Eu apresento um convidado, sem ex aluno, que conta como foi o processo dele na Casa e como está hoje. E as crianças conversam, fazem perguntas, mas não consigo me comunicar com todas, que muitas nem celular tem, outros a comunicação é péssima", comenta.

Nesse mar de incertezas, Laís ressalta que a vacinação de professores pode mudar esse panorama de atividades. "Vai dar um alento. Quem sabe no próximo semestre a gente retoma direto", afirma ainda.

Quanto à manutenção em tempos de pandemia, Laís conta que os recursos estão "presos", pois o governo ainda não liberou o que foi captado pela Casa de Ensaio. "Está tudo preso no banco, enquanto a gente não tiver liberado, não conseguimos fazer nada. A Rouanet tá parada e a cultura está toda estagnada".

Ela evidencia a dificuldade do momento falando do quanto os adolescentes precisam do espaço. "Porque é um lugar de troca, de conhecimento, que nos alimenta espiritualmente. Eles estão isolados. Mesmo no computador, que alguns estão tendo aulas, eles não aguentam mais, precisam viver como todo mundo. Estamos fazendo o que a gente pode, tudo online, mas queremos retomar com a vacinação dos professores", pontua.

Entre festivais, carpet shows, atos artísticos, espetáculos e "brincatos", a Casa de Ensaio já desenvolveu 50 ações gratuitas e abertas à comunidade em geral.

"Nesses 25 anos, que estamos pegando os depoimentos de todo mundo, choro a cada um que vejo. A gente vai botar isso no youtube, com um pouco da história da Casa de Ensaios", finaliza 

PROGRAMAÇÃO:

  • Video Mapping  criado pelo Coletivo Algo+ritmo (UFMS)
  • Edu Brincante com poesias de Manoel de Barros 
  • Lilian Caramuja 
  • Marta Ceu 
  • Jose Jara e Camila Nantes 
  • Luane Ferraz 
  • Cia Dançurbana 
  • entre outros artistas e colaboradores