24 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 23º

Hospital de Câncer busca recursos para término de obra

O presidente do Hospital de Câncer Alfredo Abrão, Carlos Alberto Moraes Coimbra, solicitou que o prefeito Gilmar Olarte (PP), fizesse uma visita ao hospital e à obra de prédio anexo cuja primeira fase está na etapa final. O presidente solicitou a ele o pagamento dos recursos atrasados da Secretaria da Saúde no valor de R$ 700 mil, além de ajuda na conclusão da segunda fase da obra que custará cerca de R$ 10 milhões.

Desde o ano de 2010, o hospital gastou cerca de R$ 12 milhões, sendo R$ 9 milhões na compra do terreno e R$ 3 milhões na obra. O governo do Estado disponibilizou mais R$ 9 milhões de recursos e verba foi utilizada para arcar com a parte de estrutura e hidráulica do prédio que possui nove andares, 248 leitos e 16 salas de consultas.

Além dos R$ 10 milhões que irão ajudar na conclusão da segunda fase será necessário mais R$ 15 milhões para equipar o novo prédio do hospital. Conforme afirmou Coimbra, a bancada federal se comprometeu em apresentar através de emendas para este ano, cerca de R$ 11 milhões.

O prefeito afirmou nesta tarde, durante a visita o compromisso em estar somando e não dividindo, tendo como objetivo melhorar a saúde de Campo Grande, e se colocou à disposição da entidade. “Trazer mais leitos fará com que as vagas sejam reguladas e as entidades desafogadas”, disse referindo-se à superlotação em alguns setores da saúde.

Atualmente, o Hospital de Câncer realiza sete mil procedimentos por mês  e possui 48 leitos disponíveis, além das sete salas de consultas. Após a conclusão da obra a meta será buscar investimentos para a reforma do atual prédio para atender os pacientes particulares e assim  arrecadar verbas para manter o hospital.

Tayná Biazus