26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Profissionais do Mais Médicos são apresentados pela prefeitura

Clayton Neves

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) apresentou na tarde de hoje no paço municipal os profissionais inclusos no programa federal Mais Médicos que irão prestar serviço nas Unidades Básicas de Saúde Familiar (UBSF) da Capital.

Ao todo são cinco médicos, sendo quatro cubanos: Leonardo Hernandez, Leticia Perez, Libia Hernandez e Yanet Marquez e uma brasileira: Silvana Alves, formada em Assunção, Capital do Paraguai. Os especialistas que começarão a atender amanhã, forão designados paras as UBSF dos bairros Jardim Itamaracá, Iracy Coelho, Jardim Batistão e Tarumã.

Bernal ressaltou durante a apresentação a importância da iniciativa federal de aumentar o número de profissionais para atender a população que necessita da rede de saúde pública. “É uma iniciativa louvável, necessária e abençoada porque visa o bem das pessoas”, disse. O prefeito relatou ainda que “Não importa a nacionalidade e sim o profissionalismo dos médicos”.

Para a doutora Yanet Marquez a recepção em Campo Grande além de servir como um incentivo tirou a má impressão gerada logo quando chegaram ao Brasil, tendo em vista a rejeição de alguns médicos brasileiros que não concordavam com a atuação dos cubanos. “Fomos muito bem recebidos em Campo Grande, não tivemos nenhum problema o acolhimento foi ótimo”, afirmou.

No item comunicação os cubanos parecem estar tranquilos “Nós entendemos tudo quando falam devagar e nas comunidades pretendemos estar atentos e também falar devagar, a comunicação não será um impedimento para trabalhar”, relatou despreocupada a doutora Libia.

Embora animados para iniciar as atividades nas regiões designadas e felizes com a recepção dos campo-grandenses, os médicos não puderam contar com a presença do representante municipal da saúde, o secretário Ivandro Fonseca, que não apareceu na apresentação dos profissionais deixando a dúvida de sua ausência pairar no ar.