25 de janeiro de 2022
Campo Grande 36º 23º

CAPITAL

Projetos de Campo Grande viram referência para municípios do interior de MS

A- A+

Campo Grande recebeu ontem (7) comitiva de Três Lagoas para conhecer os projetos executados pela Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Econômico e Agronegócio (Sidagro), que tem nove programas, mais de 50 projetos em andamento e já atendeu este ano cerca de 80 mil pessoas direta e indiretamente. Na semana passada gestores do município de Costa Rica também estiveram na Capital.

Amanda Pivotto, diretora de agronegócio de Três Lagoas, Manoel Latta engenheiro e o professor Claudio Cesar visitaram a Horta Escola da Incubadora Municipal no bairro Santa Emília, o Polo de Orgânicos com os produtores Moacir e Regina, e conversaram com o secretário Rodrigo Terra.

"Os projetos de Campo Grande estão recebendo visibilidade pela relevância para a comunidade principalmente as ações vinculadas às incubadoras municipais que atenderam em 2021 cerca de 10 mil pessoas com cursos e capacitações, e no próximo ano passarão por reformas, outro destaque é o setor do agronegócio onde estamos com projetos que auxiliam desde o início da plantação com assistências técnicas incluindo os Distritos de Rochedinho e Anhanduí, até a venda dos produtos com a Feira de Orgânicos, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Circuito Verde", resumiu o secretário da Sidagro Rodrigo Terra.

A diretora de agronegócio de Três Lagoas, Amanda Pivotto, elogiou as iniciativas e explicou que querem usar nossos projetos de modelo. "Fomos muito bem recebidos em todos os locais e acreditamos que este programa das Hortas Urbanas que vocês desenvolvem tem um retorno muito importante para a sociedade com a parte social aliado ao desenvolvimento econômico. Sabemos que é uma realidade maior que a nossa, mas pode nos servir de espelho, porque estamos estudando como criar e regulamentar, por meio de Lei, projeto de hortas. Já temos em Três Lagoas algumas hortas urbanas funcionando, mas por enquanto são apenas comerciais e queremos fomentar hortas sociais. Nós já oferecemos assistência técnica, mas não há um projeto com diretrizes e conhecendo as ações de vocês conseguimos trazer para nossa realidade e queremos conseguir atender essa demanda", avaliou.

Avanços para Campo Grande

Só em 2021, Campo Grande aprovou a nova Lei do Prodes, a regulamentação da Escola do Empreendedorismo, a Lei da Proincubação, e a regulamentação do Plano Municipal de Agricultura Urbana, além das ações nos setores de comércio e serviço. Avançamos também nos estudos para a implantação do Parque Tecnológico e de Inovação de Campo Grande com o grupo de trabalho formado por 42 membros que vão estruturar a forma como funcionará o local, além da implantação da horta escola na Incubadora de Alimentos localizada no bairro Santa Emília. Todas as ações e programações da Secretária podem ser acompanhadas pelo site http://www.campogrande.ms.gov.br/sidagro/