28 de fevereiro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Investigações

Comissão de Ética que investiga vereadores inicia trabalhos nesta quarta

Os trabalhos da Comissão de Ética, que investiga possível quebra de decoro entre os vereadores investigados na Operação Coffe Break continuam nesta quarta-feira (23). 

Na última terça-feira (22) em sessão na Câmara, o vereador João Rocha (PSDB), comentou que a comissão já está com o relatório do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) onde são mais de 600 páginas a serem analisadas. 

Após vazamento do depoimento do vereador Airton Saraiva (DEM) onde supostamente teria indicado que o presidente da Comissão de Ética João Rocha participou de reuniões para articular a cassação do prefeito Alcides Bernal (PP), assim como outros vereadores, João Rocha, acredita que não está na berlinda em relação à sua presidência na Comissão de Ética. “Isso não interfere, estou com a consciência tranquila. Recebemos o relatório das investigações com mais de 650 páginas, agora vamos reunir os membros para dar início às análises”, disse João Rocha. 
A Comissão de Ética é presidida por João Rocha (PSDB) e tem como membros, Chiquinho Telles, vice-presidente (PSD), Herculano Borges (SD), Ayrton de Araújo (PT) e Vanderlei Cabeludo (PMDB). São investigados os vereadores Mario Cesar, afastado do cargo de presidente da Casa, Edil Albuquerque, ex-líder do prefeito afastado Gilmar Olarte, e Paulo Siufi, todos do PMDB; Airton Saraiva (DEM); Chocolate (PP); Gilmar da Cruz (PRB); Edson Shimabukuru (PTB); Carlão (PSB); e Jamal Salém (PR), ex-secretário de Saúde do Município, que retornou à Câmara após o afastamento do prefeito.