20 de abril de 2021
Campo Grande 32º 19º

'TROCA - TROCA'

Filho de Chico, do dinheiro na cueca, ganha cargo no Senado

O primo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro foi nomeado assessor parlamentar da Primeira Secretaria da Casa

Apenas 19 dias após pedir demissão do gabinete do senador afastado Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro na cueca, Leonardo Rodrigues de Jesus, o Léo Índio, ganhou um novo cargo no Senado. O primo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro foi nomeado assessor parlamentar da Primeira Secretaria da Casa, comandada pelo senador Sérgio Petecão (PSD-AC), aliado do governo. O salário é de R$ 17.319,31.

A publicação saiu nesta 3ª-feira, (3.nov.2020), no Diário Oficial da União. Léo Índio pediu exoneração do cargo de assessor de Chico Rodrigues vinte e quatro horas depois de uma operação da Polícia Federal, realizada em 14 de outubro, encontrar R$ 33.150,00 na cueca do então vice-líder do governo e outros R$ 10 mil e US$ 6 mil em um cofre. No gabinete de Rodrigues ele tinha um salário de R$ 22 mil.

*Estadão Conteúdo.  

Leia também

• Movimento de R$ 2,7 milhões em espécie nos negócios de Flávio Bolsonaro

• Flagrado 'torrando' dinheiro público, Flávio Bolsonaro diz que devolverá valor nesta 3ª-feira