08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Siufi não descarta ser novamente presidente da Câmara “Estou à disposição”

A- A+

Após renúncia do vereador Mario Cesar (PMDB) do cargo de presidente da Câmara Municipal na última terça-feira (24), as especulações sobre quem será o novo presidente já começam a rondar os bastidores da Casa de Leis.  

Um dos “fortes candidatos” é o vereador Paulo Siufi (PMDB) que já está ambientado com a função, quando foi presidente da Casa, antes de Mario Cesar. Ao MS Notícias, Siufi não negou a possibilidade de voltar à presidência da Câmara, porém confirmou deixar espaço para João Rocha (PSDB), caso haja interesse do colega na Casa. “Eu não descarto a possibilidade, já fui por 4 anos, o que eu quero é trabalhar pelo que for melhor e se isso foi de acordo com o que todos querem eu estou a disposição. Agora, isso não quer dizer que terá uma disputa, pois tem o João Rocha (PSDB), que é uma pessoa competente para atuar, será decidido o que for de consenso e o que for melhor para o andamento dos trabalhos”, afirmou Siufi. 

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS), conversou com o MS Notícias nesta manhã de quarta-feira (25) e disse que considera a hipótese de a escolha girar em torno de um único nome. “Acho que a melhor solução para a escolha deveria recair como consenso, porque o prazo é curto, apenas um ano de mandato na presidência”, opina.

“Vaga aberta”
A renúncia oficial do vereador Mario Cesar (PMDB) do cargo de presidente da Câmara Municipal de Campo Grande está prevista para ser lida em Plenário nesta quinta-feira (26) durante realização de sessão ordinária, segundo informações da assessoria da Casa de Leis. Segundo informações, após leitura do documento da renúncia será feita convocação da eleição dos novos membros da Mesa Diretora que exercerá mandato de um ano. A eleição pode ocorrer durante sessão ordinária ou extraordinária. Para comentar sobre a possibilidade de disputa da presidência da Câmara o MS Notícias entrou em contato com o suposto candidato, vereador João Rocha (PSDB) e também contato com o presidente em exercício Flávio Cesar (PT do B), porém não houve retorno das ligações até o fechamento desta matéria.