16 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

Compras

Jamal pede apoio da Câmara para agilizar compra de materiais básicos

Os vereadores solicitaram maior antecedência na a entrega do relatório de prestação de contas da pasta

A- A+

O secretário Municipal de Saúde, Jamal Salem, solicitou apoio da Câmara Municipal para compra de materiais básicos, como medicamentos, gazes e luvas sejam mais rápidos. O pedido foi feito na última quinta-feira, durante audiência pública para prestação de contas da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), de Campo Grande.

“Às vezes demora mais de 60 ou 90 dias (para a compra de materiais). Inclusive, gostaria que a Comissão de Saúde ajudasse. Se demorar seis meses para atender essa compra, acontece o que ocorre agora. Não é falta de recursos, mas essa burocracia prejudica”, disse Jamal, que recebeu apoio do vereador Paulo Siufi, presidente da Comissão Permanente de Saúde da Casa de Leis. 

“Precisa é ter celeridade. Nós vamos solicitar ao prefeito, talvez até mesmo que desvencilhe a Sesau da Central de Compras, pelo menos para compra de medicamentos. Ao menos o básico, como medicamentos, gaze, luvas, soro. Coisas que se usam, muitas vezes, para salvar uma vida”, disse.

Os vereadores solicitaram maior antecedência na a entrega do relatório de prestação de contas da pasta. “Esse curto espaço de tempo deixou prejudicada uma análise pormenorizada do relatório”, disse a vereadora Carla Stephanini, que recebeu o relatório da Sesau na terça-feira.

A Audiência foi convocada pela Comissão Permanente de Finanças e Orçamento, composta pelos vereadores Carla Stephanini (PMDB), (presidente), Eduardo Romero (PT do B), (vice), Prof. João Rocha (PSDB), Herculano Borges (SD) e Carlão (PSB), e pela Comissão Permanente de Saúde, composta pelos vereadores Paulo Siufi (PMDB), (presidente), Dr. Loester (PMDB) (vice), Luiza Ribeiro (PPS), Alex do PT (PT) e José Chadid (Sem Partido). Participaram membros da sociedade civil organizada, além de integrantes de conselhos de saúde.