20 de junho de 2021
Campo Grande 25º 13º

Pela Emha, Olarte começa a acertar as contas na prefeitura

A- A+

Ao que tudo indica, o prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP) começa a "pagar as contas atrasadas", e a anunciada reforma no secretariado municipal pode revelar algo mais do que parece.

Segundo pessoas próximas ao prefeito, que conversaram com MS Notícias para denunciar a situação, Olarte tem recebido diversas "cobranças" de amigos que o acompanharam no processo de cassação do ex-prefeito da Capital Alcides Bernal (PP) e agora exigem do chefe do executivo municipal seu lugar ao sol no Paço Municipal.

Olarte, que já teria começado a atender as demandas, conforme fontes, resolveu esta semana exonerar a diretora-presidente da Emha (Agência Municipal de Habitação) Marta Lúcia da Silva Martinez. Marta é funcionária de carreia do Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano) para onde deve retornar. Ela havia sido indicada pelo vereador Delei Pinheiro (PSD) quando Gilmar Olarte assumiu, e desde então vinha desenvolvendo um bom trabalhado, elogiado muitas vezes por Olarte inclusive, pela celeridade dada aos processos até então parados.

No entanto, Olarte irá nomear Enéas José de Carvalho, hoje diretor adjunto da agência, para substituir Marta. Enéas possui larga experiência no setor onde atua há anos desde gestões anteriores como a do es-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB).

Outro detalhe sobe Enéas é seu pai. Raimundo Nonato Carvalho, coincidentemente, um dos homens que entregou Bernal de bandeja à Olarte e deu início ao processo de cassação, que resultou na posse de Olarte como prefeito. Nonato, junto com Luis Pedro, foi quem enviou à Câmara de Vereadores da Capital uma denúncia contra Bernal de improbidade administrativa. A denúncia gerou a Comissão Processante, que resultou na cassação do então prefeito. Bernal foi cassado pelo voto de 23 vereadores.

Conforme pessoas ligadas a Olarte, Nonato de forma direta e indireta teria intensificado as cobranças sobre Olarte há alguns meses exigindo que o prefeito "retribuísse a gentileza". Olarte, demorou, mas agora dá sinais de que irá cumprir com suas promessas e assim como surgiram denúncias de empresários sobre outros beneficiados com as "gentilezas do prefeito", Nonato aparentemente já conseguiu sua parte. Resta saber quais serão os próximos, pois conforme fontes, a lista é extensa.

Redação