22 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

Professores manifestam indignação na Câmara de Vereadores

Estão reunidos neste momento na Câmara Municipal um grupo de 20 professores. Esses professores foram aprovados no concurso de 2009, mas até hoje não foram convocados.  O concurso de 2009 contou com 6.151 inscritos, 1.777 foram aprovados e até o momento apenas 713 foram convocados.

O professor de educação física Vanderlei Sandin, aprovado no concurso acusa a atual administração de não tomar providencias para a convocação dos 1.064 professores restantes. Ele comenta que hoje existem em Ceinfs (Centro de Educação Infantil) e centros de ensino muitos professores que estão trabalhando com contratos e não como concursados, inclusive Vanderlei. Os professores contratados acabam perdendo diversos benefícios que os concursados possuem.

A vereadora Professora Rosi (PSDB) comenta que a primeira coisa a ser feita é que seja  encontrada uma solução através da Semed (Secretaria municipal de educação), pois não há motivos para os professores aprovados não terem sido chamados. Ela pretende mandar a situação ao MPE (Ministério público estadual) para que ele tome uma atitude rápida e obrigue a prefeitura a chamar os aprovados. Questionada se isso também não era questão da administração anterior, de Nelsinho Trad (PMDB), a vereadora diz não querer discutir os motivos que os professores não foram chamados na administração passada.

O professor de educação física Carlos Augusto Thiry, acredita que isso não se passa de uma retaliação política por parte do prefeito Alcides Bernal (PP), já que o concurso teria feito na administração de Trad. “Percebemos que o atual prefeito quer fazer uma nova administração, porém ele não pode esquecer daquilo que já foi feito e estava dentro da lei”, explica.

O objetivo dos professores é chamar a atenção dos parlamentares para resolver essa questão.

Tayná Biazus e Alan Diógenes