02 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

'As pessoas em 1º lugar ?'

'Estão negando explicações para o povo' diz Chiquinho

Parece que os secretários do Executivo não estão muito preocupados em comparecer as Audiências Públicas em que são convidados pelo Legislativo. Nesta quarta-feira (6) os representantes da Comissão Permanente de Segurança Pública convocaram o secretário de Segurança Pública Luidson Noleto para dar explicações sobre reclamações da Guarda Municipal, o secretário não atendeu ao chamado. O mesmo aconteceu nesta quinta-feira (7) quando a Comissão Permanente de Obras e Serviços Públicos convocou o secretário Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha), Amilton Cândido de Oliveira, que também não compareceu à audiência.

Isso vem acontecendo com frequência nas Audiências Públicas da Câmara Municipal de Campo Grande. O vereador Airton Saraiva (DEM) convocou os secretários de Saúde, Ivandro Fonseca, e de Finanças, Disney Fernandes, para que eles apresentassem documentos e fizessem prestação de contas dos gastos da Prefeitura de Campo Grande com contratações emergenciais devido à epidemia de dengue, eles também não compareceram à Audiência.

Assim como a secretária de Educação Leila Machado e secretária de Assistência Social Marcela Carneiro, que foram convocadas a prestar esclarecimentos sobre a exoneração de diretores de escolas e Centros de Educação Infantis (Ceinfs) e não compareceram na primeira convocação, só depois de muito insistir elas foram à Audiência Pública.

Durante sessão ordinária desta quinta-feira (8) o vereador Ayrton Araújo (PT) pedia para o presidente da Câmara João Rocha (PSDB) que convocasse novamente o secretário Noleto para esclarecimentos. Rocha sugeriu que um requerimento fosse feito e votado pelos vereadores para que a convocação fosse documentada. “Vamos documentar e convocar o comparecimento do secretário novamente para próxima quarta-feira (13), se não comparecer tomaremos providências”, disse Rocha.

Vereador Chiquinho Telles em Audiência Pública/ Foto: Talison Cleiton

O vereador Chiquinho Telles conversou com o MS Notícias na manhã desta sexta-feira (8) e se mostrou decepcionado com a falta de interesse em prestar contas para a população dos secretários que não comparecem nas Audiências.

“Eles não estão negando informações para os vereadores, estão negando para população que quer saber o motivo pelo qual as obras estão paradas. Isso é um desrespeito”.

 'Quem não deve não teme’, segundo o vereador se não querem apresentar documentos e explicações, é porque certamente eles não os têm para mostrar. Chiquinho também deixa claro que tudo o que está acontecendo são por questões políticas, o que segundo o vereador é ruim para imagem do prefeito Alcides Bernal (PP).

“Onde estão as pessoas em primeiro lugar ?, não dar uma explicação para as mães que precisão de uma creche que está parada há tanto tempo, não é colocar as pessoas em primeiro lugar. Isso é incompetência do Executivo, que não faz nem manutenção em praças e parques. Tudo que tem a digital do Nelsinho Trad (PTB) ele não termina”.

Chiquinho disse ainda que irá fazer um detalhamento de valores juntamente com a Caixa Econômica Federal e depois formalizar um requerimento para convocar novamente o secretário Amilton para uma nova audiência, e se ele não comparecer ao segundo chamado irá fazer uma denúncia contra o secretário.