19 de junho de 2024
Campo Grande 22ºC

EXTREMISTA DE DIREITA

Réu por insuflar o golpismo, Capitão Contar diz 'que é fake news'

Bolsonarista acusa o deputado estadual e ex-governador Zeca do PT de 'manipular' fotos de uma queixa-crime

A- A+

O ex-deputado e ex-candidato derrotado nas eleições de 2022, Renan Barbosa Contar, conhecido como Capitão Contar (PRTB), juntamente com seus aliados de extrema direita, o deputado estadual João Henrique Catan (PL) e o vereador Sandro Benites (PP), tornaram-se réus acusados de insuflar o golpismo após a derrota de Jair Bolsonaro nas urnas para o presidente Lula.

A juíza Franscielle Martins Gomes Medeiros, da 5ª Vara Federal de Campo Grande acatou a denúncia oferecida, que implica o trio de extremistas bolsonaristas.

A ação se originou de uma queixa-crime apresentada pelo deputado estadual e ex-governador Zeca do PT.

De acordo com O Jacaré, Contar acusou Zeca de usar fake news para denunciá-lo à Justiça por crimes contra o estado democrático de direito. “A denúncia foi feita em cima de várias narrativas totalmente falsas e levianas. Fez acusações absurdas e baseadas em fake news, facilmente esclarecidas fazendo uma pesquisa no Google. Apresentou imagens de manifestações e de eventos anteriores, totalmente desconexas do teor da acusação infundada dele”, acusou Capitão Contar.

O bolsonarista teria garantido ao site, por meio do seu advogado Pedro Garcia, que irá ingressar com ação criminal e denúncia no Ministério Público contra o deputado estadual. "Estamos propondo ações contra o Zeca do PT, haverá uma ação criminal privada e uma denúncia no Ministério Público, para que eventualmente haja uma ação pública penal”, antecipou Garcia.

Conforme ata registrada em cartório, Zeca do PT incluiu na denúncia imagens de atos ocorridos em setembro de 2022, quando bolsonaristas foram às ruas para apoiar Bolsonaro antes do primeiro turno e outra de 19 de abril de 2020, quando houve reação às medidas de lockdown para evitar a propagação do coronavírus. A defesa do militar juntou as imagens feitas pelo G1 e pelo jornal O Globo para embasar a acusação contra Zeca do PT. “Esse é o modo de operação deles, acusam sem provas para tentar desacreditar nossa imagem. Sempre defendi a ordem pública e jamais incitaria qualquer ataque à democracia. E contra essas acusações infundadas, vamos acionar a justiça”, afirmou o ex-deputado por meio da assessoria de imprensa.

“O denunciante manipulou de forma deliberada e dolosa, os fatos. Utilizou-se de imagens da internet de eventos totalmente alheios e usou como se fossem recortes, imagens do evento. Falsificou documentos que serviram para instrução probatória da denúncia que foi feita de forma nítida buscando prejudicar o ex-deputado”, completou Garcia. 

Sobre o julgamento da ação na Justiça federal, o ex-deputado bolsonarista argumentou que jamais foi contra a democracia e a Constituição. “Não há em meus posicionamentos pessoais ou políticos qualquer ato, fala ou fato relacionado com o objeto da denúncia. Minha luta sempre será em defesa da democracia e da Constituição”, disse o militar.

OUTRO LADO

Deputado Estadual Zeca do PT. Foto: DivulgaçãoDeputado Estadual Zeca do PT. Foto: Divulgação

Procurado pelo MS Notícias, Zeca disse que não estava sabendo das declarações de Contar à imprensa e negou qualquer ‘manipulação’ na queixa-crime. "Tomei conhecimento agora através de você. Não manipulei nada, não, só peguei matérias e imagens que estavam na imprensa e mandei para o gabinete do ‘Xandão’", respondeu o deputado, utilizando uma alcunha para se referir ao ministro do STF, Alexandre de Moraes.

Para Zeca, o bolsonarista está no uso dos seus direitos. “É o direito de espernear dele, né? Tem todo direito de tentar achar uma justificativa para as barbaridades que cometeram”, observou.

O deputado completou avaliando que se não houvesse indícios na queixa, ela não haveria por que ser acatada pela Justiça Federal. “Se a denúncia que nós fizemos foi aceita e ele virou réu, ele está se levantando não contra as denúncias que eu fiz, contra a Justiça Federal, a juíza que acatou as denúncias por perceber que são denúncias sérias. Explica isso para justiça, só isso que eu quero”, concluiu o deputado. 

Fonte: Com O Jacaré*. 

RELACIONADAS - Conhecido por falcatrua, vereador bolsonarista puxa atos golpistas em MS | Contas de 43 'cabeças' de atos golpistas são bloqueadas | Após atos golpistas, vereador bolsonarista ganha chefia da Sesau | Bolsonaro e atos golpistas completam um mês  | Alexandre de Moraes afasta governador Ibaneis Rocha e dá 7 ordens