30 de outubro de 2020
Campo Grande 24º 18º

APÓS 16 HORAS

Veja o que restou do Atacadão de Campo Grande. Funcionários serão realocados

Ainda há muita fumaça no local. Foram utilizadas todas as equipes de Bombeiros da Capital

Restou pouco do Atacadão da Avenida Duque de Caxias, ao menos 14 equipes do Corpo de Bombeiros passaram a noite deste domingo no combate as chamas e ainda hoje, 2ª-feira (14.set.2020), quase 16h após o início do incêndio, que começou por volta das 17h de ontem, há muita fumaça e toda a estrutura do prédio esta comprometida. Foram usados 360 mil litros de água para o combate do fogo e equipes ainda trabalham no rescaldo e retirada e resfriamento dos materiais, para evitar novos focos.

O Atacadão confirmou ao MS Notícias que todos os 287 funcionários do estabelecimento serão realocados às outras duas unidades da rede na Capital: uma fica na Avenida Coronel Antonino e o outro está localizada na Avenida Costa e Silva. 

A Avenida Duque de Caxias continua interditada no sentido Aeroporto Internacional de Campo Grande/Centro, para que as viaturas possam se movimentar facilmente e para evitar acidentes caso a estrutura venha abaixo. 

Avenida Duque de Caxias para quem vai do Centro sentido Aeroporto Internacional de Campo Grande está interditada. Ruas atrás do Atacadão também estão bloqueadas. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias

Mais de 50 militares estiveram na ação, 14 viaturas – todo o efetivo de Campo Grande – além de apoio da Infraero, Águas Guariroba, Energisa, Guarda Municipal e do Exército.  

Os militares tomavam café e se hidratavam nesta manhã. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias

A reportagem foi até o local e fez além de vídeo, várias fotos para ilustrar o que resta do Atacadão.  

Um grupo de executivos do estabelecimento discutiam apreensivos sobre qual os próximos passos a serem tomados após a o incidênte que levou toda a mercadoria do estabelecimento.  

Nos fundos do Atacadão atingido pelo fogo na noite de ontem. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias

Apesar do pavor, nesta manhã os moradores de casas aos arredores do incêndio retornaram às suas residências.

Reportagem de TV conversa com morador sobre o incidente. Foto: Tero Queiroz  | MS Notícias

Como o MS Notícias reportou ontem, muitos deles ficaram apreensivos com o avanço das chamas que chegaram a atingir 6 metros de altura e puderam ser vista há uma distância de 4 quilômetros. 

Os Bombeiros voltaram ao resfriamento dos amontoados de produtos logo após a pausa para hidratação.

TERO6354Bombeiros reiniciam resfriamento do local. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias 

 Montanha de produtos já retirados do local do incêndio. Foto: Tero Queiroz | MS Notícias

Traficante destrói iluminação pública para deixar 'boca de fumo' escondida, mas é preso
INTERIOR
há 5 horas

Traficante destrói iluminação pública para deixar 'boca de fumo' escondida, mas é preso

Embriagado, homem é preso após atropelar casal de moto
INTERIOR
há 5 horas

Embriagado, homem é preso após atropelar casal de moto

Corpo de mulher desaparecida em rio há uma semana é encontrado
BOMBEIROS
há 5 horas

Corpo de mulher desaparecida em rio há uma semana é encontrado

Operação contra o crime organizado é iniciada em MS e mais três estados
COMBATE
há 6 horas

Operação contra o crime organizado é iniciada em MS e mais três estados

Contrariando Bolsonaro, Mourão diz que governo vai comprar vacina da China
POLÍTICA
há 6 horas

Contrariando Bolsonaro, Mourão diz que governo vai comprar vacina da China

Cinco são presos após furtar loja em Miranda
PRENDEU
há 6 horas

Cinco são presos após furtar loja em Miranda