13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Projeto

Estado investe R$ 18,3 milhões na Caravana da Saúde

Leia também

• Reinaldo garante redução de alíquoata de diesel e estuda energia

• Reinaldo inaugura pavimentação asfáltica e garante novas obras em Antônio João

• Remanescentes das polícias e bombeiros serão convocados, garante Reinaldo Azambuja

O governador do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB), apresentou hoje, na governadoria, o mascote que irá percorrer o Mato Grosso do Sul junto com a Caravana da Saúde. “O personagem Dr. Saúde é o que simboliza o trabalho da caravana da Saúde, que tem por objetivo de no ano de 2015 zerar a fila que envergonha a todos nós aqui em Mato Grosso do Sul”, disse Reinaldo.

“Mais de 1800 pessoas esperando por cirurgias e nossa intenção é zerar a fila em todo o Estado e deixar em cada uma dessas regiões um atendimento sendo feito para que nós não voltarmos a ter uma fila enorme de novo como essa que temos hoje”.

Segundo o chefe do executivo estadual, o trabalho da Caravana da Saúde já começou preliminarmente, que é a avaliação dessas pessoas que vão passar pelos procedimentos cirúrgicos, muitos deles começam amanhã e outros ficarão pós a passagem da caravana.

“A segunda etapa será em Ponta Porã e depois Paranaíba, Três Lagoas e assim por diante. Essa estrutura é feita fixando nos pólos regionais a continuidade de atendimento. Em Coxim ficarão um aparelho de Tomografia Computadorizada, Raio X digital, um mamógrafo e se o Ministério da Saúde permitir, vamos implantar a hemodiálise e isso tudo é estruturação regional que vai acontecer nos outros pólos regionais para diminuir a quantidade de atendimentos feitos na Capital”, explicou.

Estão empenhados R$18,3 milhões para a Caravana da Saúde, onde a partir de cada procedimento realizado irá descontar desse montante, o que não quer dizer que todo esse recurso será utilizado, porém esse é o teto máximo que o governo do estado pode gastar com o projeto.

Segundo o coordenador da Caravana da Saúde Dr. Marcelo Mello, os procedimentos começam a ser feitos amanhã seguindo até janeiro de 2016 e vai realizar cirurgias, consultas e exames de média complexidade.

“Nós reestruturamos as equipes em Coxim e vamos deixar os aparelhos que são pertinentes a demanda daquela região, que pode ser diferente das demais regiões. Nós também contaremos com 170 profissionais de SES (Secretaria de Estado de Saúde) e outros 200 dos parceiros voluntários, onde os procedimentos realizados por eles terá custo zero para o Estado”, concluiu.

Major é preso no dia do aniversário acusado de sacar arma e enfrentar PM; deputado está 'envolvido'
INTERIOR | MIRANDA
há 1 hora

Major é preso no dia do aniversário acusado de sacar arma e enfrentar PM; deputado está 'envolvido'

ALEMS homenageia engenheiros agrimensores em sessão solene nesta terça-feira
Política
há 2 horas

ALEMS homenageia engenheiros agrimensores em sessão solene nesta terça-feira

Projeto de Ensino da UEMS em Campo Grande oferece oficina de pesquisa em turismo
Política
há 5 horas

Projeto de Ensino da UEMS em Campo Grande oferece oficina de pesquisa em turismo

Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Política
há 5 horas

Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir

Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Política
há 5 horas

Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul

Maracaju registra 31 novos casos e 1 óbito de Covid-19 neste sábado.
Política
há 16 horas

Maracaju registra 31 novos casos e 1 óbito de Covid-19 neste sábado.