27 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Sujeira

Casos de dengue aumentam, e terrenos baldios estão entre "vilões" da epidemia

Mato Grosso do Sul está vivendo assombrado pelo mosquito Aedes aegypti, o governador do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB) declarou situação de emergência devido à epidemia por dengue e à introdução do vírus Zika e febre Chikungunya em um decreto oficial na quinta-feira (28). 

Em Campo Grande a situação não é diferente. O prefeito da Capital Acides Bernal (PP) também declarou situação de emergência em Campo Grande, através do decreto nº 12.806 publicado no Diário Oficial do Município de segunda-feira (18).

Porém, basta caminhar por alguns bairros de Campo Grande para é observar que muitos terrenos continuam particulares continuam sendo usados como depósitos de lixo e se tornaram motivo de brigas e discussões entre moradores que reclamam da falta de conscientização de vizinhos e também de caçambeiros que depositam restos de entulhos em terrenos baldios.

Prédio abandonado na região central de Campo Grande

“Esse terreno é particular, já foi denunciado, acho que o dono até foi multado, mas a limpeza que é bom não foi feita, enquanto isso a gente convive com a sujeira”, disse Haroldo Paiva Pereira, que trabalha na região da Rua 13 de Junho no centro da Capital e convive com um prédio. 

No Bairro Center Park, os moradores enfrentam mesmo problema, o presidente do bairro Paulo Cesar Lima de Sousa, 46 anos, conta que já presenciou diversas vezes pessoas aproveitando o terreno abandonado para despejar entulhos, restos de materiais de construção e animais mortos. “Existe uma área grande que é da Prefeitura que o pedido de limpeza já foi feito, mas esse terreno aqui da Rua Monte das Oliveira é particular, e as pessoas não tomam consciência de fazer a limpeza.”

Fora as diversas reclamações e denúncias que o MS Notícias recebe diariamente de terrenos públicos e particulares com sujeiras e focos do mosquito transmissor de doenças, a redação flagrou na manhã desta segunda-feira (1) vários entulhos na Avenida Lúdio Coelho sentido bairro centro, e segundo informações de moradores da região, esses entulhos estão na beira da pista à aproximadamente 15 dias.

 

Aumento de casos

A Capital iniciou o ano com duas mortes que estão sob suspeita de dengue. Segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), o município já soma 2,5 mil casos notificados de dengue, de 1º de janeiro até a última sexta-feira (29). Conforme  a secretaria, foram confirmadas 9,48 pessoas picadas pelo mosquito Aedes aegypti por dia. De acordo com a Sesau, foram constatados 275 casos confirmados da doença. Os técnicos do órgão notificaram 458 casos de zika vírus e outros dois casos suspeitos. Além disso foram registrados 62 casos de chikungunya.

Na última sexta-feira (15), Ministério da Saúde divulgou levantamento, apontando Mato Grosso do Sul como o oitavo estado brasileiro com maior número de casos confirmados de dengue. Conforme o órgão, o balanço levou em conta os números de 2015 em relação aos registros de doentes em estado de alerta, ou seja, aqueles em observação e cujo quadro pode se agravar. De acordo com Secretária de Saúde do Município, Campo Grande fechou 2015 apresentando epidemia de dengue com 13.825 casos notificados e 4.013 confirmações da doença.

Denúncia e multa

É importante ressaltar que a Prefeitura Municipal de Campo Grande disponibiliza um disque denúncia para que esses casos possam ser levados ao conhecimento da administração e os responsáveis sejam devidamente multados. As denúncias podem ser feitas pelos números 156 ou (67) 3314-4639 e o valor da multa pode chegar até R$ 8 mil.


Resposta da Prefeitura

Em relação aos entulhos identificados na Avenida Lúdio Martins Coelho, conforme informou Prefeitura de Campo Grande, a Seintrha não está dando prazo para execução desse tipo de serviço. A Prefeitura orienta que população denuncie, pelo telefone 156, flagrantes de caçambeiros jogando lixo em vias ou terrenos públicos. Conforme Prefeitura da Capital, informando número de telefone impresso na caçamba é possível multar proprietário. 

Hemosul abre neste sábado na Capital e precisa de doações para três tipagens de sangue
Política
há 5 horas

Hemosul abre neste sábado na Capital e precisa de doações para três tipagens de sangue

Procon/MS registra 107 procedimentos durante Black Friday
Geral
há 5 horas

Procon/MS registra 107 procedimentos durante Black Friday

Previsão é de tempo instável com probabilidade de chuva neste sábado em Mato Grosso do Sul
Geral
há 5 horas

Previsão é de tempo instável com probabilidade de chuva neste sábado em Mato Grosso do Sul

Estudantes da EE Fernando Corrêa brilham na Olimpíada Nacional de Ciências
Política
há 5 horas

Estudantes da EE Fernando Corrêa brilham na Olimpíada Nacional de Ciências

Vestibular UEMS: Unidade de Paranaíba oferece 86 vagas para cinco graduações
Política
há 5 horas

Vestibular UEMS: Unidade de Paranaíba oferece 86 vagas para cinco graduações

Ministro da Justiça concede medalha a secretário e dirigentes da segurança pública do MS
Política
há 15 horas

Ministro da Justiça concede medalha a secretário e dirigentes da segurança pública do MS